Chris Evans critica homens que querem criar parada do ‘Orgulho Hétero’

Redação - O Estado de S.Paulo

Ator analisa que pessoas que pensam assim não aprenderam a lidar com as emoções na infância

O ator Chris Evans.

O ator Chris Evans. Foto: Mike Blake / Reuters

Chris Evans, conhecido por interpretar o Capitão América, criticou nesta quarta-feira, 5, três homens de Boston, nos Estados Unidos, que querem criar uma parada do "Orgulho Hétero".

O ator publicou a notícia no Twitter ironizando os rapazes. "Uau! Que iniciativa legal, parceiros. Mas só uma ideia, em vez de parada do 'Orgulho Hétero', que tal a parada do 'Estamos tentando desesperadamente esconder nossos pensamentos gays sendo homofóbicos porque ninguém nos ensinou a lidar com nossas emoções quando éramos crianças'? O que acham? Fica muito na cara?", escreveu.

Em seguida, ele compartilhou na rede social um texto do escritor James Fell que explica por que um hétero não tem motivos para sentir orgulho da orientação sexual que tem.

"Para aqueles que não entenderam a diferença, veja abaixo. Em vez de ficarem bravos (o que é apenas um medo daquilo que você não entende) tire um momento para buscar por empatia e crescimento", afirmou Evans.

No texto, Fell afirma que um hétero não carrega consigo o medo de ser agredido devido à sua orientação sexual.

O irmão mais novo de Chris Evans, Scott Evans, é assumidamente gay.