Chris Brown é preso na França por suspeita de estupro, diz polícia

Redação - O Estado de S.Paulo

Segundo a revista francesa 'Closer', uma mulher de 24 anos acusou o cantor, o guarda-costas e um amigo dele

Chris Brown, em março de 2015, na Califórnia.

Chris Brown, em março de 2015, na Califórnia. Foto: Valerie Macon/AFP

O cantor norte-americano Chris Brown foi preso em Paris na manhã desta segunda-feira, 21, com outras duas pessoas, por suspeita de estupro.

As prisões foram reveladas pela revista Closer, que ouviu uma fonte da polícia francesa nesta terça-feira, 22. O rapper foi colocado sob custódia em Paris para a investigação do caso.

Segundo a polícia francesa, os três homens foram detidos após uma mulher de 24 anos alegar ter sido estuprada na suíte de hotel de Brown na noite de 15 para 16 de janeiro.

Ela o teria conhecido em uma boate perto da Champs-Elysees naquela data e alega ter sido estuprada pelo rapper no Mandarin Oriental, um hotel luxuosa na capital francesa.

De acordo com o primeiro depoimento, a vítima foi convidada pelo cantor para seu quarto de hotel junto com outras mulheres. Então, ela se encontrou em um quarto sozinha com ele, onde teria sido estuprada.

Os outros dois homens, segundo o registro na polícia, seriam um amigo de Brown e o guarda-costas dele.

Com informações da Reuters