'Cansar de Dançar': Juliette lança novo single nesta quinta-feira

Redação - O Estado de São Paulo

Estreando como compositora, a faixa mistura bregafunk e pisêro e já está disponível em todas as plataformas digitais

Juliette lança nesta quinta-feira, 5, seu novo single 'Cansar de Dançar', às 21h, em todas as plataformas digitais.

Juliette lança nesta quinta-feira, 5, seu novo single 'Cansar de Dançar', às 21h, em todas as plataformas digitais. Foto: Chico Shiko

Nesta quinta-feira, 5, o novo single da paraibana JulietteCansar de Dançar, primeira faixa que ela co-escreveu e que chega ao público. Marcada por elementos do bregafunk e do pisêro, a nova música foi produzida por Hitmaker - dupla de produtores responsáveis por trabalhos de nomes como Anitta, Luísa Sonza, Marina Sena e Jão - e por Juzé, que participou do EP Juliette, lançado no ano passado.

“É um ritmo que vocês ainda não me ouviram cantar. Estou ansiosa para vocês ouvirem”, comenta a artista.

“Gosto muito de trabalhar sons e elementos que me fazem bem, que eu mesma gostaria de ouvir. É desse desejo que nasceu Cansar de Dançar. É uma música cheia de leveza, bom-humor, uma novidade no meu repertório. Espero de verdade atingir um efeito positivo nas pessoas”, completa Juliette.

Mais solta e dançante, dessa vez a artista canta sobre querer se jogar na pista, sem amarras ou medo de ser quem é. A mensagem é ditada por versos como: “Entender quem sou / Qual o meu valor / Aonde eu quero ir / Vou me libertar”, presentes na letra.

Um videoclipe para o novo single deve ser lançado em breve, mas a data ainda não foi divulgada.

 

 

Amigos de Juliette, os conterrâneos Juzé, Luket e Soulucas (Lucas Dantas) compuseram um esboço da música, que chamou a atenção da artista pelo ritmo e pelo refrão.

Depois, a cantora e Juzé juntaram-se para incorporar na letra o recado que ela queria passar, dando um tom poético à mensagem de diversão e empoderamento.

“A batida que predomina é o bregafunk. Ritmo nordestino que já ganhou o Brasil e mistura-se com pagode baiano e o funk carioca no single que promete balançar quem der o play”, comenta Juzé.

O músico afirma ainda que compor em parceria com Juliette foi “interessante".

"Me surpreendeu. Foi uma troca rápida na sintonia. Fechamos a música da melhor maneira que poderia ficar na voz dela”, completou.

Por sua vez, os produtores do Hitmaker afirmaram que a interpretação da paraibana foi “de muita entrega”. 

A arte da capa do single foi assinada pelo artista, conterrâneo à Juliette, Chico Shiko, que se inspirou na estética tipicamente brasileira dos cartazes de filmes nacionais antigos, como Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976) e Bye Bye Brasil (1979).