Caitlyn Jenner estuda entrar para a política

Redação - O Estado de S.Paulo

Segundo a medalhista olímpica, sua amizade com Donald Trump não atrapalha

Caitlyn Jenner não descartou a possibilidade de se candidatar a algum cargo público nos próximos anos.

Caitlyn Jenner não descartou a possibilidade de se candidatar a algum cargo público nos próximos anos. Foto: Reuters / Brian Snyder

Caitlyn Jenner, medalhista olímpica também conhecida por se assumir como transexual em 2015 e por seu relacionamento com Kris Jenner, ex-mulher de Robert Kardashian, disse em um painel de divulgação de seu novo livro que está estudando a possibilidade de concorrer a algum cargo público nos próximos dois anos.

Jenner, afiliada ao Partido Republicano e amiga do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também falou que sua amizade com o homem mais poderoso mundo não irá interferir nos seus planos: “minha lealdade não é com Donald Trump. Eu vou criticá-lo e os republicanos caso eles venham atrás da minha comunidade [LGBT]”.

Ela completou dizendo que aceitaria um cargo para trabalhar no governo de Trump e que, se decidir não concorrer a nenhum cargo, irá focar nas atividades de sua fundação de defesa e avanço nos direitos das pessoas transexuais.