Bruno Gagliasso responde internauta que disse ter 'ranço' por ele não ter filho biológico

Redação - O Estado de S.Paulo

Ator, que é pai de Titi com Giovanna Ewbank, comentou que 'ser mãe e pai é amar incondicionalmente'

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank são pais de Titi.

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank são pais de Titi. Foto: Silvana Garzaro/Estadão

Bruno Gagliasso publicou uma foto sensual ao lado da mulher Giovanna Ewbank nesta segunda-feira, 13, e recebeu um comentário sobre a paternidade e maternidade de ambos.

Uma internauta disse ter "ranço desse casal" após comentar que "filhos biológicos que é bom nada, né".

O ator, educadamente, respondeu o comentário e foi elogiado por muitas outras pessoas.

"A Giovanna costuma dizer que aprendeu com a vida que não existe essa de biológico ou natural quando ser mãe e pai é amar incondicionalmente, cuidar, educar e proteger alguém. Eu aprendi também! Torço para a vida te dar essa oportunidade. De coração", escreveu Gagliasso.

Bruno Gagliasso responde comentário de internauta sobre filhos dele com Giovanna Ewbank.

Bruno Gagliasso responde comentário de internauta sobre filhos dele com Giovanna Ewbank. Foto: Instagram/@brunogagliasso

No último sábado, 11, durante o programa Altas Horas, Giovanna Ewbank relembrou o dia em que Titi, filha do casal, perguntou de que barriga ela tinha nascido. A apresentadora comentou que tinha se preparado para aquela pergunta, mas, na hora, foi espontânea.

"Eu contei para ela que ela nasceu da barriga de um anjo. E falei: 'Põe a mão na minha barriga, está sentindo alguma coisa?'. Ela disse que não. 'Então agora põe a mão no meu coração'. E perguntei se estava sentindo alguma coisa. Ela disse: 'Sim, seu coração está batendo'. E eu falei: 'Pois é filha, o meu coração está batendo para você, tudo que vem do coração é de muito amor, é de muita verdade, então isso que é importante, que meu coração vai estar batendo sempre por você'", contou Giovanna.

Ela comentou ainda que "uma coisa que aprendi é que é muito comum a gente falar 'ah, filho adotivo, filho biológico, filho natural' e eu aprendi a partir da maternidade que esse nome não tem peso nenhum, não significa nada, a partir do momento que você conhece, se transforma em mãe e vive esse amor incondicional, o cuidado, a proteção com alguém, é tudo a mesma coisa".