Britney Spears diz que pai está tentando extorquir dinheiro para deixar tutela

Redação - O Estado de S.Paulo

Jamie Spears pede 2 milhões de dólares e advogado da cantora alega: ‘Ela não será intimidada pelo pai’

Britney Spears está tentando revogar a tutela do pai Jamie Spears 

Britney Spears está tentando revogar a tutela do pai Jamie Spears  Foto: REUTERS/Eduardo Munoz

Britney Spears revelou que o pai, Jamie Spears, está tentando extorquir dinheiro dela como condição para deixar o cargo de tutor. A informação foi divulgada nesta terça-feira, 31, pelo TMZ, que teve acesso a documentos legais.

No início do mês, os fãs da cantora comemoraram a notícia de que o patriarca tinha concordado em renunciar a tutela. Porém, a equipe jurídica de Britney afirma que Jamie está pedindo 2 milhões de dólares para isso.

O valor seria utilizado para pagar os ex-advogados e a Tri Star Sports & Entertainment Group, antiga empresa que gerenciava os negócios da artista. "Independentemente do passado, o Sr. Spears e seu advogado estão agora em alerta: isso não é mais tolerável, e Britney Spears não será extorquida", disse Matthew Rosengart, advogado da cantora. 

Ela exige que o pai não seja mais seu tutor, enquanto Jamie pede para a Justiça uma “transição ordenada”. Mas Britney acredita que as autoridades vão atender aos seus pedidos em breve, levando em consideração que têm uma audiência marcada para o dia 29 de setembro. 

“O mundo ouviu o testemunho corajoso e convincente da Sra. Spears. A vida de Britney Spears é importante. Seu bem-estar é importante. Todos os dias são importantes. Não há base para esperar”, alegou o advogado nos documentos.

Matt Rosengart também conversou com o TMZ a respeito da tentativa de extorsão. “Britney Spears não será intimidada ou extorquida por seu pai. Nem o Sr. Spears tem o direito de tentar manter sua filha como refém estabelecendo os termos de sua remoção da tutela”, afirmou. 

“Isso não é sobre ele, é sobre o melhor interesse de sua filha, que por uma questão de lei, determina sua remoção. Mesmo deixando de lado as questões legais que exigem sua remoção imediata, se ele ama sua filha, o Sr. Spears deveria renunciar agora, hoje, antes de ser suspenso. Seria a coisa certa e decente a fazer”, explicou.