Billie Eilish protesta contra lei anti-aborto em show no Texas

Redação - O Estado de S.Paulo

'Meu corpo, minha escolha', disse a artista durante o festival Austin City Limits

Billie Eilish se pronunciou sobre lei anti-aborto do Texas

Billie Eilish se pronunciou sobre lei anti-aborto do Texas Foto: Reuters

Billie Eilish fez um show no Texas, estado norte-americano que aprovou recentemente a lei anti-aborto mais restritiva dos Estados Unidos. Neste sábado, 2, durante a apresentação, ela fez um discurso de protesto sobre o assunto.

A nova lei entrou em vigor no primeiro dia de setembro. A medida proíbe a realização do procedimento após as seis semanas de gestação, período em que muitas mulheres ainda sequer descobriram a gravidez, sem exceções para casos de estupro e incesto. 

"Quando eles tornaram esta m**** uma lei, eu quase não quis fazer este show. Porque eu queria punir este lugar por permitir que isso aconteça aqui", iniciou a artista.

"Mas lembrei que vocês seriam as vítimas e vocês merecem tudo de melhor no mundo. Precisamos pedir que eles calem a p**** da boca. Façam isso. É o meu corpo, a p**** da minha escolha", gritou.

O protesto de Billie aconteceu no festival de música Austin City Limits, na capital do estado do Texas. A lei é a mais restritiva no país desde a legalização do aborto, em 1973.

No Instagram, Eilish compartilhou fotos do show e disse que a apresentação foi uma das favoritas dela. "A noite passada foi louca para c******. Uma das minhas favoritas", escreveu na legenda.