Beth Carvalho recebe homenagem em ‘samba do sétimo dia’, promovido no Circo Voador

Redação - O Estado de S.Paulo

Sambista morreu no último dia 30, aos 72 anos de idade, no Rio de Janeiro

A sambista Beth Carvalho, que morreu aos 72 anos de idade.

A sambista Beth Carvalho, que morreu aos 72 anos de idade. Foto: Marcos de Paula / Estadão

Com o título ‘samba de sétimo dia’, o Circo Voador homenageou Beth Carvalho, que morreu no dia 30 de abril. A sambista estava internada no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, na zona Sul do Rio de Janeiro, há quatro meses. Ela estava com 72 anos de idade e a causa da morte foi infecção generalizada, segundo boletim médico. Diversos artistas lamentaram a morte da cantora.

A conhecida ‘madrinha do samba’ foi um dos maiores nomes da história do gênero. Na noite desta terça-feira, 7, Beth Carvalho foi homenageada por amigos e familiares com uma roda de samba. A sobrinha da cantora, Lu Carvalho, organizou o evento. “Tenho certeza que ela está muito feliz lá em cima, porque é assim que ela gostaria de ser lembrada”, declarou. O ‘samba de sétimo dia’ foi comandado pela mesma banda que acompanhava Beth Carvalho nos shows. 

A cerimônia também contou com uma oração realizada pelo padre João Damasceno. 

No Instagram, Lu Carvalho divulgou fotos da homenagem feita para a tia. “E assim foi o ‘samba do sétimo dia! Muita luz, muito axé. Saudade e homenagem!”, escreveu na legenda da imagem em que aparece cantando.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E assim foi o Samba do 7 dia! Muita luz..muito axé...saudade e homenagem! #salvebeth

Uma publicação compartilhada por Lu Carvalho (@lucarvalhosamba) em