Ben Affleck anuncia que vai doar lucros que ganhar com filmes produzidos por Weinstein

Redação - O Estado de S.Paulo

Ator disse que vai doar o dinheiro para uma associação de cinema independente e para uma ONG que luta contra abusos sexuais

Ben Affleck diz que vai olhar para seu próprio comportamento após denúncias de assédio em Hollywood.

Ben Affleck diz que vai olhar para seu próprio comportamento após denúncias de assédio em Hollywood. Foto: REUTERS/Dylan Martinez

Após dizer que quer ser parte da solução contra o assédio de mulheres em Hollywood, Ben Affleck anunciou que vai doar todo o cachê que ganhar com filmes produzidos por Harvey Weinsten para uma instituição de cinema independente e para uma ONG anti violência sexual. Weinsten foi acusado de assediar dezenas de atrizes por anos, o que, segundo seu contrato, não era motivo para demissão

Em entrevista à People na última segunda-feira, 6, Affleck contou que decidiu isso após o ator Kevin Smith, que é seu amigo, anunciar que doaria todos os seus futuros lucros com filmes produzidos por Weinstein para instituições de caridade.

"Assim que Kevin sugeriu isso, eu decidi fazer o mesmo. Então qualquer dinheiro que eu ganhar de um filme da Miramax e de Weinstein vai ou para a Film Independent ou para a RAINN, uma organização em prol das mulheres. Eu não quero receber mais dinheiro desse cara, sabe?", falou.

No último domingo, 5, Affleck falou à Associated Press que também está "olhando para o próprio comportamento" e se desculpou por apalpar a atriz Hilarie Burton durante uma entrevista em 2003, quando ela apresentava um programa da MTV.