Banda As Baías comanda live para enaltecer a história e a coragem LGBTQIA+

João Paulo dos Santos - Especial para o Estadão

Evento terá participações especiais de MC Rebecca, Linn da Quebrada, Tássia Reis, All Ice e Gloria Groove

Banda As Baías realizam Live Pride.

Banda As Baías realizam Live Pride. Foto: Rodolfo Magalhães

A banda As Baías realiza neste domingo, 27, sua Live Pride do Mês do Orgulho para enaltecer a história e a coragem LGBTQIA+. O evento ocorre no topo de um prédio no centro de São Paulo e terá transmissão ao vivo no canal do YouTube da banda a partir das 18h.

A live comandada pela banda formada por Assucena Assucena, Raquel Virgínia, e Rafael Acerbi contará com convidados especiais, como MC Rebecca, Linn da Quebrada, Tássia Reis, All Ice, Gloria Groove, e João Luiz Pedrosa, do BBB 21. Juntos eles buscam relembrar e celebrar a história e luta da comunidade LGBTQIA+.

Para Rafael Acerbi, o evento vai trazer um panorama da carreira das Baías, que está em expansão, além de homenagear figuras LGBTs importantes que são referência para a banda.

“A memória dos nossos ancestrais LGBTs tem que ser preservada, e ela é preservada quando cantamos Cazuza, Cássia Eller, por exemplo. Quando trazemos esses artistas e conversamos com a atualidade”, disse a cantora Assucena Assucena em coletiva concedida.

A live, que acontece no último final de semana do Mês do Orgulho, unida à cidade de São Paulo é o fruto de um desejo antigo da banda de participar da maior Parada LGBTQIA+ do mundo.

“Sempre foi um objetivo da banda ter esse espaço na Parada LGBTQIA+, carregamos em nosso DNA a diversidade não apenas na música, mas em nosso dia a dia, somos duas mulheres trans e um hetero cis, eu mulher trans preta de periferia de São Paulo, Assucena mulher trans nordestina e o Rafa homem hetero de Minas Gerais, de uma família mais conservadora”, conta Raquel Virginia.

 

As contoras Assucena Assucena e Raquel Virgínia de As Baías.

As contoras Assucena Assucena e Raquel Virgínia de As Baías. Foto: Leonardo Franco

 

O protagonismo trans, inclusive, é um dos pontos importantes do evento, com participação de vários artistas transexuais, como Linn e All Ice, além das cantoras das Baías.

“Essa Live se alinha ao nosso projeto de popularização de nossa música e de autoafirmação do lugar das pessoas trans e travestis nos espaços de poder, portanto de destaque”, afirmou Assucena.

A live ainda apresentará uma versão inédita da música Coragem, gravada com MC Rebecca e agora também com participação de Tássia Reis. 

“O objetivo é mostrar que podemos olhar para cima e enxergar coragem, brilho e muitas cores. Nada mais simbólico neste momento do que celebrar a coragem”, completou Assucena.