Atriz Emma Watson é atacada por ser feminista

- O Estado de S. Paulo

O repórter do jornal britânico de 'The Sun' desqualificou a atuação da atriz na ONU

A atriz Emma Watson é embaixadora da Onu para questões sobre mulheres

A atriz Emma Watson é embaixadora da Onu para questões sobre mulheres Foto: Reuters

"Assim como todas as atrizes, ela agiu como se as pessoas fossem estúpidas o bastante para darem uma chance a elas", diz um trecho do texto publicado pelo jornal britânico 'The Sun' sobre o discurso de Emma Watson na ONU a respeito de abuso sexual e sexismo dentro de faculdades. 

Leia o texto do jornalista Rod Liddle:

“Hermione Granger tem abordado questões para a Assembleia Geral das Nações Unidas. Não, não estou brincando. A atriz Emma Watson, sim, é uma ‘Embaixadora benfeitora’. Além de ensinar todas as regras do Quadribol ou como transformar alguém em um sapo, ela entediou a todos com a porcaria de um choramingo esquerdista. Eu não as julgo por se expressarem. Eu apenas não entendo porque nós levamos essas pessoas a sério. Eu acredito que eles (das Nações Unidas) elegeram Emma porque Angelina Jolie anda um pouquinho ocupada com outras coisas no momento."

O autor cometeu inúmeros erros, entre eles desqualificar o trabalho de Emma como embaixadora da ONU Mulheres; reduzi-la a um de seus personagens e ainda usar o problema familiar da atriz Angelina Jolie para indicar que Watson é uma segunda opção.

O autor da nota vem sendo cobrado por sua declaração. Uma das vozes que se levantou contra ele foi a da atriz Sophie Turner, que interpreta Sansa Stark, em 'Game of Thrones'. 

Após a repercussão, ele publicou nesta quinta-feira, 28, um novo artigo no 'The Sun' em que afirma "não sentir muito" por ter gerado a polêmica e ainda ressalta "o meu ponto é pedir para que celebridades liberais não deem palestras sobre 'questões atuais'". O jornalista continuou se referindo à Emma Watson como seu personagem em 'Harry Potter'. "Apenas peço para colocarem pessoas sérias na ONU", escreveu atacando também o cantor Bono Vox, a Banda Spice Girls e as atrizes Nicole Kidman e Anne Hathaway.

O discurso mais marcante de Emma foi em 2014, quando falou sobre igualdade de gênero na ONU. “Quanto mais eu falo sobre feminismo, mais eu tenho me dado conta de que lutar pelos direitos das mulheres tem frequentemente se tornado sinônimo de ódio aos homens”, afirmou. Considerando o episódio com Liddle, pode-se dizer que a mensagem ainda é bastante atual.