Asia Argento nega ter abusado de menor de idade e diz que Anthony Bourdain pagou o ator

Redação - O Estado de S.Paulo

Reportagem do 'New York Times' revelou que atriz abusou de Jimmy Bennett quando ele tinha 17 anos, e que pagou R$ 1,5 milhão pelo seu silêncio

A atriz italiana Asia Argento é acusada de ter abusado de ator menor de idade

A atriz italiana Asia Argento é acusada de ter abusado de ator menor de idade Foto: Joel Ryan/Invision/AP

No domingo, 20, o The New York Times publicou uma reportagem alegando que a atriz Asia Argento, uma das primeiras mulheres a falar publicamente que foi estuprada por Harvey Weinstein, abusou do ator Jimmy Bennett em 2013. Na época do suposto abuso, Bennett tinha 17 anos, e Asia teria lhe dado dinheiro por seu silêncio. Nesta terça-feira, ela negou as acusações.

Asia diz que o abuso nunca aconteceu, e que seu namorado Anthony Bourdain – que morreu há dois meses – realmente fez um pagamento para Bennett, mas ela alega que foi para que o ator parasse de acusá-la. De acordo com a reportagem do NYT, o valor pago foi de 380 mil dólares (cerca de R$ 1,5 milhão) em abril de 2018 para evitar um processo.

"Eu estou profundamente chocada e magoada por ler essa notícia absolutamente falsa. Eu nunca tive nenhuma relação sexual com Bennett. Eu fui próxima dele por muitos anos, como amiga apenas, o que acabou quando, após eu me expor no caso Weinstein, Bennett – que na época estava passando por problemas financeiros – inesperadamente me pediu uma quantia exorbitante de dinheiro", explicou Asia no comunicado enviado ao jornalista Yashar Ali.

"Anthony insistiu que o assunto deveria ser cuidado de forma privada e isso era o que Bennett também queria. Anthony ficou com medo da possível publicidade negativa que tal pessoa poderia causar em nós. Nós decidimos lidar com a demanda de Bennett com compaixão, e dar o dinheiro a ele. Anthony pessoalmente decidiu ajudar Bennett economicamente sob a condição de que não sofreríamos nenhuma intrusão dele em nossas vidas", disse Asia no comunicado.

"Eu não tenho outra escolha além de desmentir essas acusações falsas e vou tomar as iniciativas necessárias para minha proteção pelas vias competentes", finalizou a atriz.