Artistas, políticos e fãs lamentam morte do humorista Batoré, aos 61 anos, vítima de câncer

Redação - O Estado de S.Paulo

Presidente Jair Bolsonaro usou o Twitter para prestar homenagem ao ator

Artistas, políticos e fãs lamentam morte do humorista Batoré, aos 61 anos 

Artistas, políticos e fãs lamentam morte do humorista Batoré, aos 61 anos  Foto: Instagram/@batorehumorista

O humorista Ivanildo Gomes Nogueira, mais conhecido como Batoré, que morreu nesta segunda-feira, 10, recebe uma série de homenagens de atores, políticos e fãs nas redes sociais. 

O pernambucano fazia tratamento contra um câncer e estava internado na Unidade de Pronto Atendimento de Pirituba, na zona oeste de São Paulo.

Diversos artistas se manifestaram no Twitter, como o também humorista Maurício Meirelles: "Morre o cara que mais gerou apelido em uma geração de gente feia. Rip Batoré", escreveu o ator.

O vocalista da banda Ultraje à Rigor, Roger Moreira, também lamentou. "Descanse em paz, Batoré! Você foi gente boa", concluiu.

 

 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, lamentou a morte de Batoré. "Nos deixou hoje nosso amado amigo Batoré. Foram muitos os momentos felizes que o senhor Ivanildo Gomes Nogueira proporcionou ao Brasil", declarou.

O deputado Kim Kataguiri também prestou homenagens: "O Brasil fica um pouco mais triste (...) que fiquem os momentos de alegria que ele nos proporcionou".

 

 

Os fãs lembraram de diversas passagens do humorista na televisão, sobretudo em A Praça É Nossa, de Carlos Alberto de Nóbrega, no SBT.

Assista ao vídeo:

 

 

O velório e enterro de Batoré ocorrerão nesta terça-feira, 11, na cidade de Cabreúva, interior de São Paulo, onde o pai e o irmão do artista estão enterrados, segundo comunicado oficial no perfil do humorista no Instagram. O público poderá participar da cerimônia após um momento de despedida da família.