Artistas negras exaltam Rafaela Silva: da Cidade de Deus para o mundo

- O Estado de S.Paulo

Tati Quebra Barraco e MC Carol usaram as redes sociais para parabenizar a atleta

Foto: Reuters

A judoca Rafaela Silva, 24 anos, conquistou a primeira medalha de ouro do Brasil nos Jogos Olímpicos. Negra, periférica e mulher, ela foi exaltada por artistas que de vieram de situações parecidas. 

Tati Quebra Barraco escreveu em seu Facebook: "Rafael Silva da Cidade de Deus, negra e periférica vocês estão entendendo? Sociedade em choque, nós viemos para INCOMODAR". MC Carol também mostrou apoio a Rafaela nas redes sociais. 

 
A cantora Ludmilla exaltou a vitória em suas redes sociais e falou sobre a força da mulher brasileira. "NUNCA DUVIDE da força da mulher brasileira, que vem de baixo e sempre mostra seu valor. Rafaela, VOCÊ ME REPRESENTA!", escreveu. 
 
 
"O Brasil que quero para os meus filhos tem o seu rosto, Rafaela", foi o que disse Taís Araújo sobre a vitória da judoca.
 

Outra pessoa que manifestou o apoio a Rafaela foi Neymar. O atleta, que tem sido bastante criticado pelas atuações da seleção masculina de futebol, escreveu que a vitória da judoca é um exemplo de superação para seu time.