Arma cenográfica que matou diretora em set tinha munição real, diz sindicato de Hollywood

Agências - Reuters

O disparo acidental feito pelo ator Alec Baldwin matou Halyna Hutchins e deixou o diretor Joel Souza ferido

Carro de polícia passa por departamento de polícia de Santa Fé, no Novo México

Carro de polícia passa por departamento de polícia de Santa Fé, no Novo México Foto: REUTERS/Adria Malcolm

A arma cenográfica que matou uma diretora de fotografia no set de um filme de Alec Baldwin que se passa no Novo México continha uma munição real, disse um sindicato de Hollywood em uma mensagem aos membros, segundo publicações da indústria do cinema.

"Uma munição verdadeira foi acidentalmente disparada no set pelo ator principal, atingindo a diretora de fotografia Halyna Hutchins, integrante da Local 600, e o diretor Joel Souza", disse uma filial local do sindicato IATSE aos membros em memorando, de acordo com a Variety e a IndieWire.

Halyna Hutchins, 42, morreu, nesta quinta-feira, 21, durante as gravações do filme Rust. Conforme informações da polícia local, o ator Alec Baldwin, 63, disparou acidentalmente a arma de fogo no set sem saber que o objeto estava carregado. O diretor do filme Joel Souza, 48, ficou ferido. O acidente aconteceu na Bonanza Creek Ranch, nos Estados Unidos.

 

O ator Alec Baldwin disparou acidentalmente a arma que matou a diretora de fotografia

O ator Alec Baldwin disparou acidentalmente a arma que matou a diretora de fotografia Foto: Mike Blake/Reuters

 

Os sets de filmagem costumam ter regras para o uso de armas de adereço, mas vários acidentes foram registrados. Uma das tragédias mais conhecidas aconteceu durante as gravações do filme O Corvo, em 1993. O ator Brandon Lee moreu após o disparo de uma arma de fogo carregada incorretamente.

O mais comum em sets de filmagens é serem usadas balas de festim, que são, na verdade, uma munição sem a parte responsável por ferir fatalmente, o projétil. Elas são muito utilizadas em treinamentos militares e na dramaturgia. A produtora de arte Joana Parente lembra que o "uso das armas cenográficas varia conforme a necessidade das cenas". A depender do uso, ela aponta que "também existe a possibilidade de colocar em pós-produção o efeito de tiro, e não disparar nada".

Mesmo sem o projétil, as balas de festim quando disparadas fazem barulho e fumaça pois há queima de pólvora. Por isso são muito utilizadas em produções de cinema e televisão

No entanto, elas não são exatamente inofensivas. Algumas armas usadas na dramaturgia podem ser falsas ou de pressão, mas comumente também são utilizadas peças verdadeiras, principalmente quando serão vistas em planos fechados. Nesses casos, especialistas são chamados para o set e eles são responsáveis por cuidar que tudo corra bem. É preciso que elas estejam bem limpas para evitar qualquer acidente. Além disso, é necessário que toda e qualquer arma em um set seja tratado como possivelmente carregada. Saiba mais sobre como funciona uma arma cenográfica aqui.

 

Relembre outros casos de acidentes em set de filmagens:

 

ANDREW KELLY/REUTERS; Crowvision; Twentieth Century Fox; Warner Bros.
Ver Galeria 9

9 imagens