Após polêmica, Sandra de Sá volta a falar que 'complexo' alimenta o racismo

- O Estado de S.Paulo

Cantora repetiu, na RedeTV!, frase que gerou polêmica no programa 'Encontro'

Faa Morena entrevista Sandra de Sá

Faa Morena entrevista Sandra de Sá Foto: Divulgação/RedeTV!

A cantora Sandra de Sá deve mexer novamente com os ânimos dos telespectadores ao falar sobre racismo no programa Ritmo Brasil, que vai ao ar na RedeTV! no sábado, 25.

Em janeiro, a cantora havia causado polêmica nas redes sociais por suas declarações no programa Encontro, da Globo. "Pior do que qualquer racismo, do que qualquer preconceito, é o complexo. Porque eu acho que é o complexo que alimenta isso tudo. Enquanto a gente tiver esse medo, enquanto a gente comprar essa - a palavra da moda agora - vitimização, eu acho que fica mal", disse, na época. Enquanto alguns internautas elogiaram o posicionamento, outros criticaram a ideia de 'vitimização'.

À RedeTV, Sandra voltou a repetir: ''Pior que o preconceito e o racismo, é o complexo, pois o complexo alimenta tudo isso, ainda mais quando a gente compra essa ideia."

No entanto, ela se posiciona a favor das cotas raciais. "Para mim não rola cotas, mas é um mal necessário, pois depois que se falou disso, falou em muitas coisas que não estavam aí. Acho que um negro tem que passar [na faculdade] como todo mundo passa, porque ele tem capacidade, mas é necessário a cota”. Sandra utilizou sua família como exemplo para o argumento: “É o que eu falo, estou aqui, meu filho é um cara altamente bem sucedido e acho que minha família inteira. Isso acontece com quem é famoso e com quem não é, pois pegou o que quis e foi em frente."

O programa Ritmo Brasil com a entrevista vai ao ar no sábado, 25, às 18h30 na RedeTV!.