Aos 72 anos, Nilson Izaias conquista mais de três milhões de inscritos no YouTube

Redação - O Estado de S.Paulo

Após conquistar fama em questão de dias, ele recebeu o youtuber Pyong Lee, que o ajudou a monetizar o canal na internet

Os youtubers Pyon Lee e Nilson Izaias.

Os youtubers Pyon Lee e Nilson Izaias. Foto: Instagram/@pyonglee

Até o último domingo, 3, Nilson Izaias não poderia imaginar que, em quatro dias, conseguiria mais de três milhões de seguidores no canal que ele criou no YouTube, em 2017. Até então, o homem, de 72 anos, gravava vídeos falando sobre o cotidiano da vida simples no sítio em que mora, como o nascimento de flores e frutas no quintal.

Há três meses, ele decidiu testar uma receita de slime, aquela massinha pegajosa que é sucesso entre as crianças. Após inúmeras tentativas, ele finalmente conseguiu. "Não acredito. Não estou acreditando no que eu estou vendo. Que legal. Realizei meu sonho, viu? Hoje foi o dia mais feliz da minha vida", comemorou o idoso, que compartilhou passo a passo a receita com os seguidores.

Até o fechamento desta matéria, Nilson tinha 2,5 milhões de inscritos no canal no YouTube graças a esse vídeo.

Nesta quarta-feira, 6, Nilson recebeu a visita do youtuber Pyong Lee, que tem 5,4 milhões de seguidores. "Hoje eu fiz uma visita muito especial ao senhor Nilson Izaías "Papinho". Ajudamos ele com a monetização do seu canal no YouTube. Quem me acompanha sabe que tenho um carinho especial por avós, pela minha história com os meus", escreveu Pyong na legenda da foto em que aparece com 'Papinho' no Instagram.

 

 

Pyong Lee gravou um vídeo para o canal dele na lavanderia da casa de Nilson Izaías, que explicou de onde vem o 'Papinho': "Meu nome mesmo é só Nilson. O resto é tudo sobrenome. O papinho eu inventei".

O youtuber fez alguns números de mágica com papel que, ao pegar fogo, se transforma em uma bolinha de plástico. Nilson sorri e se surpreende a cada situação.

Em um truque com baralho, a carta escolhida por Nilson foi parar na boca de Pyong Lee. "Eu to meio 'encafifado' com aquela carta que sumiu...tá molhada, né? Estava dentro da boca dele mesmo! E eu não vi ele colocar a carta na boca mesmo (sic)". Aos risos, Pyong finaliza: "É mágica!"

Assista ao vídeo de Pyong Lee e Nilson Izaias: