Anitta critica fãs que foram racistas com Ludmilla: ‘Criminosos covardes’

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

Cantora disse que já acionou advogados e especialistas em crimes virtuais contra quem está usando sua imagem para disseminar mensagens racistas

As cantoras Ludmilla e Anitta

As cantoras Ludmilla e Anitta Foto: Mauro Pimentel/AFP I João Miguel Júnior/Globo/Divulgação

A cantora Anitta fez uma publicação nesta quarta-feira, 17, na qual condenou pessoas que estão se identificando como fãs dela e enviando mensagens racistas para a cantora Ludmilla. Ela também disse que já acionou seus advogados para tomar as medidas jurídicas cabíveis.

“Criminosos covardes que se dizem meus fãs estão propagando mensagens de racismo e injúria racial nas redes sociais. Já disse e repito - isso é abominável e inadmissível!”, disse Anitta. Ela reforçou que os perfis identificados até o momento pela sua equipe não fazem parte de nenhum fã clube seu. 

A cantora destacou que já mobilizou advogados e especialistas em crimes virtuais para que aqueles que compartilharam mensagens racistas sejam devidamente punidos. “Já acionei advogados e especialistas em crimes de internet. Racismo não. Racismo é crime”, disse Anitta.

Em 15 de junho, Ludmilla publicou um vídeo em sua conta no Instagram no qual deu detalhes sobre sua relação com Anitta, os problemas que tiveram e os efeitos em sua vida, e desde então tem recebido mensagens racistas em suas redes sociais. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Ludmilla (@ludmilla) em

Anitta não falou sobre o vídeo até o momento. Ainda sobre os casos de racismo, ela disse em alguns stories publicados nesta quarta-feira, 17, que não deixará que pessoas usem sua imagem para “fazer algo crescer na internet” e que realizará uma live no Instagram na próxima quinta-feira, 18, em que conversará com uma especialista sobre fake news e crimes virtuais.

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais