Anitta chega ao Top 1 do Spotify Global com 'Envolver'; Veja trajetória de carreira da artista

Rafael Nascimento - Especial para o Estadão

De Honório Gurgel ao mega hit 'Envolver', a carreira de Anitta é recheada de conquistas e inovações

A cantora Anitta está fazendo história com o hit 'Envolver' que está entre as duas mais ouvidas no chart Global do Spotify.

A cantora Anitta está fazendo história com o hit 'Envolver' que está entre as duas mais ouvidas no chart Global do Spotify. Foto: Marco Olando

"Faz alguma coisa Anitta." De tanto ouvir essa frase a cantora carioca foi lá e fez. O fenômeno do pop brasileiro está fazendo história com o seu single Envolver, que atingiu o topo do chart Spotify Global nesta sexta-feira, 25, além de ser a música mais ouvida no Brasil. Todo esse sucesso não veio da noite para o dia, e a artista tem uma trajetória ascedente de muito trabalho e pontos marcantes, tanto para a sua carreira, como para o pop nacional. Confira a seguir a trajetória de Anitta e todo o caminho que ela percorreu até chegar ao fenômeno Envolver.

 

Honório Gurgel

Larissa de Macedo Machado, nome de registro de Anitta, nasceu no dia 30 de março de 1993, no bairro Honório Gurgel, na zona norte do Rio de Janeiro. Após concluir o Ensino Médio Técnico em Administração no Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro (ISERJ/FAETEC), a futura cantora chegou a fazer estágios em empresas como a Vale, mas a música sempre esteve no seu coração. Em 2009, ela começou a fazer covers na internet e foi assim que nasceu a Anitta. A artista já revelou que seu nome artístico é inspirado na minissérie Presença de Anitta (2001) da Rede Globo.

 

 

 

Furacão 2000

"Eu vou ficar, eu vou trair", quem nunca ouviu essas letras? Elas fazem parte do primeiro single da carreira de Anitta, a faixa Eu Vou Ficar, lançada em 2011. No ano anterior, a artista havia sido convidada pelo produtor da Furacão 2000, Renato Azevedo, o 'Batutinha', para realizar alguns testes na gravadora, após ele ter visto os vídeos de Anitta publicados na internet. Depois vieram os singles Fica Só Olhando, Menina Má, Proposta e Meiga e Abusada, este último já com o gerenciamento da empresária Kamilla Fialho, que pagou uma multa de cerca de R$ 200 mil para liberar Anitta da Furacão 2000. Meiga e Abusada teve seu clipe gravado em Miami, nos Estados Unidose entrou no top 10 das músicas mais pedidas nas rádios em 2013, o que rendeu à cantora um contrato com a gravadora Warner Music Brasil. Nessa época Anitta começou a chamar a atenção por ser uma funkeira que utilizava elementos do pop em suas músicas e estilo visual, o que é o começo do que se tornou o pop brasileiro como vemos hoje em dia.

 

 

 

 

Show das Poderosas e primeiro álbum

Em maio de 2013 foi lançada a faixa Show das Poderosas que marcou a carreira de Anitta e a consolidou como um nome de peso da música brasileira. O videoclipe teve grande repercussão e tornou-se o vídeo mais visto no Youtube Brasil ultrapassando 10 milhões de visualizações no mês de lançamento. Com todo o sucesso, logo o primeiro álbum da cantora, intitulado Anitta, foi lançado em junho daquele ano. Além dos singles já lançados, o álbum também rendeu os sucessos Tá na Mira, ZenNão Para.

 

 

 

Primeiro DVD da carreira e ​segundo álbum

Com a fama já consolidada, Anitta começou a dar passos mais ousados na carreira e resolveu gravar um show ao vivo para seu primeiro DVD. No fim de 2013 os ingressos para a apresentação foram colocados à venda e a cantora fundou a Rodamoinho, sua própria empresa onde começou a gerenciar sua carreira sozinha, sem mediação de empresário. As músicas do segundo álbum, Ritmo Perfeito, foram reveladas no show do DVD, que teve sua gravação em fevereiro de 2014 e foi chamado de Meu Lugar. Em junho do mesmo ano, Anitta lançou a gravação do show junto com o segundo disco, que lhe rendeu os hits Na Batida, Ritmo Perfeito, No Meu Talento, Cobertor com a participação do rapper Projotae a faixa carro-chefe do álbum, Blá, Blá Blá.

 

 

 

Bang!

Em 2015, Anitta revolucionou sua carreira mais uma vez e se consolidou como uma artista pop com o lançamento de Bang!, seu terceiro álbum de estúdio. Com a primeira faixa de divulgação do álbum, Deixa Ele Sofrer, a artista se tornou a primeira cantora brasileira a ocupar o topo do Spotify Brasil. A capa do disco na época também chamou muito a atenção e foi assinada pelo designer Giovanni Bianco, que já trabalhou com Madonna, Ivete Sangalo, Ludmilla e para revistas de moda como Vogue L'Uomo. Além de Deixa Ele Sofrer, os singles do álbum foram: Bang!, Essa Mina é Louca e Cravo e Canela.

No ano seguinte, Anitta estreou como apresentadora de TV na terceira temporada do programa Música Boa Ao Vivo, do canal pago Multishow. Seu próximo passo foi a participação no remix da música Ginza, do cantor J Balvinseu primeiro flerte com a música latina. Em agosto de 2016, veio a faixa Sim ou Não, com o colombiano Maluma e naquele mesmo ano, a artista ainda se apresentou junto com o tenor italiano Andrea Bocelli.

 

 

 

Início da carreira internacional: Projeto CheckMate 

O ano de 2017 foi mais um cheio de inovação na carreira de Anitta. O ano foi recheado de músicas em colaboração. Loka, com a dupla sertaneja Simone e SimariaVocê Partiu Meu Coração com Nego do Borel e Wesley Safadão, Switch, com a rapper australiana Iggy Azalea e Sua Cara, com Pabllo Vittar e o DJ Major Lazer foram todas lançadas naquele ano. Sua Cara foi um grande sucesso e o videoclipe da faixa superou mais de 17.8 milhões de visualizações nas primeiras 24 horas. Em maio, Anitta deu seu primeiro passo solo à carreira internacional e lançou a música Paradinha, em espanhol.

Em setembro, foi anunciado o projeto CheckMate, que consistia no lançamento de um novo single por mês até o final de 2017. As faixas lançadas foram Will I See You, uma mistura de bossa nova com pop, Is That For Me, parceria com o DJ sueco Alesso, cujo o videoclipe foi gravado na AmazôniaDowntown, uma faixa reggaeton mais uma parceria com o colombiano J Balvine um dos maiores sucessos da carreira de Anitta, a faixa Vai Malandra, um funk carioca com a participação de MC Zaac, Tropkillaz e do rapper estadunidense Maejor. O videoclipe da faixa foi gravado no Morro do Vidigal, no Rio de Janeiro, e ultrapassau a marca de 500 mil visualizações no Youtube em apenas 20 minutos.

 

Em janeiro de 2018, Anitta lançou sua terceira parceira com J Balvin, a faixa Machika. Em março ela lançou a faixa em espanhol, Indecente, que teve o videoclipe gravado durante a festa de aniversário da cantora e transmitido ao vivo pelo Youtube. Em 3 de abril, a artista estreou seu segundo programa no canal pago Multishow, Anitta Entrou no Grupo, e no mesmo mês lançou mais uma parceria com o cantor Wesley Safadão, intitulada Romance com Safadeza. Outras parcerias daquele ano foram as faixas Ao Vivo e a Cores, com os sertanejos Matheus e Kauan e Fica Tudo Bem com o cantor Silva

Outra faixa em espanhol, Medicina, também foi lançada naquele ano com um videoclipe gravado em diversas partes do mundo. Ainda em 2018 Anitta foi convidada para ser a mentora especial da sétima temporada do The Voice Brasil e depois estreou como jurada da sétima temporada do programa La Voz México junto com Maluma, Carlos Rivera, e Natalia Jiménez. E como se não fosse o sufiente, também naquele ano, a cantora lançou um desenho animado infantil, no canal Gloob, chamado Clube da Anittinha, baseado nos familiares e amigos de artista.

 

 

 

EP Solo, primeiro álbum visual Kisses e Rock In Rio

Em novembro de 2018, a artista anunciou um EP chamado Solo que conteria três canções em diferentes idiomas: Veneno, Não Perco Meu Tempo, Goals, esta última com produção de Pharrel Williams. Todas as faixas ganharam videoclipe que foram lançados simultaneamente na mesma data do EP. No mesmo mês foi lançada a série documental Vai Anitta na plataforma de streaming Netflix. A série mostra os bastidores da vida da cantora. Em 2020 foi lançada a segunda temporada da série, Anitta: Made In Honório.

 

 

O ano de 2019 foi outro marcado de parcerias musicais. Terremoto com Kevinho, Bola Rebola com Tropkillaz, J Balvin e MC Zaac, Favela Chegou com LudmillaR.I.P. com Sofía Reyes e Rita OraFaz Gostoso, com a rainha do pop Madonna, Contatinho com Léo Santana, Muito Calor com Ozuna e Explosion com Black Eyed Peas foram os lançamentos em colaboração mais significativos daquele ano. Em abril, a artista anunciou seu primeiro álbum visual e trilíngue, o quarto de estúdio, intitulado Kisses. Das dez faixas, apenas duas não têm participação e o álbum contou com colaborações como Becky G na faixa Banana, Ludmilla e Snoop Dogg na faixa Onda Diferente, o rapper Swae Lee na faixa Poquito, DJ Alesso na faixa Get To Know Me e Caetano Veloso na faixa Você Mentiu. Em outubro, Anitta participou do Rock In Rio pela primeira vez como atração do principal palco do festival.

 

Anitta performando durante o Rock in Rio 2019. A cantora foi uma das atrações do palco Mundo, o principal do festival.

Anitta performando durante o Rock in Rio 2019. A cantora foi uma das atrações do palco Mundo, o principal do festival. Foto: REUTEUS/ Ina Cheibub

 

Após o Rock In Rio, a cantora anunciou o projeto Brasileirinha, semelhante ao CheckMate, porém com canções apenas em português. Foram lançados os singles Some Que Ele Vem Atrás, com a cantora Marília Mendonça, Combatchy, em parceria com as cantoras pop Lexa, Luísa Sonza e MC Rebecca, Meu Mel, com o trio Melim e, por fim, Até o Céu, com MC Cabelinho.

 

 

Girl From Rio

Em 2020 os burburinhos sobre o primeiro disco de Anitta focado na carreira internacional começaram, com a confirmação da cantora de que estava preparando seu quinto álbum de estúdio, inteiramente em inglês e espanhol. Em agosto daquele ano, a artista participou da faixa Paloma, do italiano Fred De Palma, que se tornou uma da mais ouvidas do ano na Itália. Em novembro, o pontapé inicial da nova era foi dado com o lançamento da faixa Me Gusta com os rappers Cardi B Myke Towers. A cantora apresentou a música no programa The Tonight Show do apresentador Jimmy Fallon e confirmou que seu próximo álbum se chamaria Girl From Rio. A faixa-título foi lançada como segundo single em abril de 2021 e o música se tornou um sucesso nas rádios norte-americanas chegando ao top 40 de canções mais tocadas. O videoclipe teve cenas gravadas no Piscinão de Ramos.

 

 
 
Faking Love foi lançada como terceiro single do projeto em do ano passado e conta com a participação da rapper Saweetie. Envolver, que já podemos considerar a faixa de maior sucesso da carreira de Anitta, foi lançada como quarto single em novembro de 2021. A princípio a faixa seria lançada apenas na América Latina, mas que sorte que não foi, não é mesmo? Recentemente, em suas redes sociais, a cantora revelou que teve que brigar pela faixa e para lançá-la como solo, já que a gravadora queria uma parceria no single. A dança que está tão famosa e que ajudou a viralizar a canção foi ideia da própria Anitta, uma gênia não é mesmo? Devido ao sucesso, foi lançada uma versão remix com o cantor de reggaeton Justin Quiles. A faixa também foi apresentada no prêmio  Lo Nuestro 2022, em 24 de fevereiro deste ano.
 
 
 
 
Boys Don't Cry é a quinta faixa do disco e foi lançada em janeiro de 2022. É uma das músicas mais diferentes da carreira de Anitta e apresenta um estilo mais pop-rock. O videoclipe tem várias referências de filmes que marcaram a artista como Titanic, Harry Potter e Os Fantasmas Se Divertem (Beetlejuice). Ainda não foi anunciada a data de estreia de  Girl From Rio, mas acidentalmente a cantora pode ter revelado a data no  Twitter. Em resposta a uma seguidora, Anitta disse que o álbum sai em abril deste ano após o Coachella, que acontece entre 16 e 23 de abril, na Califórnia, nos Estados Unidos, onde a cantora vai se apresentar. Em 2022, a artista ainda vai participar do  Lollapalooza Paris e do Rock In Rio Lisboa.