Alok se emociona ao lembrar morte de tio: 'Todos nós vamos um dia'

Redação - O Estado de S.Paulo

'Não é mais o medo da morte, é o de ter uma vida em vão', refletiu o DJ no 'Tamanho Família' deste domingo, 14

DJ Alok no 'Tamanho Família'

DJ Alok no 'Tamanho Família' Foto: Reprodução de 'Tamanho Família' (2019) / Globo

O DJ Alok se emocionou e chegou a chorar durante o programa Tamanho Família, apresentado por Márcio Garcia, que foi ao ar na tarde deste domingo, 14, na Globo.

Ao falar sobre a origem de seu nome, a morte de um de seu tio veio à tona, e Alok começou a chorar. "Foi o seu tio, que faleceu há pouco tempo? Você era muito ligado a ele, né?", perguntou o apresentador ao músico.

"Pra te falar a verdade, eu fico muito assim porque eu não era. Poderia ter sido mais, entendeu? Na vida às vezes a gente se preocupa com tantas coisas que são, de certa forma, fúteis, e esquece de viver o momento, o presente. Aproveitar de estar perto", respondeu.

Na sequência, continuou: "Colocava outros valores na frente de um relacionamento que eu poderia ter tido com ele, melhor. Na reta final da vida dele, fiquei muito do lado dele. Uma forma mesmo, eu acho, de conseguir reatar. E ele foi. Todos nós vamos um dia. A questão é só como que a gente vai fazer o proveito da nossa vida."

"Não é mais o medo da morte. É o medo de ter uma vida em vão. E a minha eu tô fazendo tudo que eu posso para fazer uma vida que tenha um legado positivo na vida das pessoas", concluiu o DJ, ainda emocionado.

Em outro momento, Alok voltou a chorar ao assistir um vídeo em que sua avó aparecia.