Alfred Enoch revela que achava que não atuaria em 'Harry Potter' por conta do seu tom de pele

Redação - O Estado de São Paulo

O ator foi descoberto pela produção do elenco enquanto fazia uma peça de teatro na escola

O ator Alfred Enoch na pré-estreia do filme 'Medida Provisária', no Shopping Iguatemi, em São Paulo, nesta terça-feira, 29. 

O ator Alfred Enoch na pré-estreia do filme 'Medida Provisária', no Shopping Iguatemi, em São Paulo, nesta terça-feira, 29.  Foto: Denise Andrade/ESTADO

O ator Alfred Enoch conhecido mundialmente por interpretar o Wes na série How To Get Away With Murder, revelou que quase não conseguiu outro papel de destaque da sua carreira, a sua participação no filme Harry Potter e a Pedra Filosofal, lançado em 2001. Em entrevista ao podcast Podpah o artista anglo-brasileiro, que fala português fluentemente, contou que foi chamado para fazer um teste de elenco para o primeiro longa da saga do bruxo britânico quando fazia uma peça em sua escola, aos 7 anos de idade.

"Eu conhecia bem os livros. Naquela altura, eram só dois livros. E eu disse: 'Gente, tem só um menino negro nessa escola'. Era o que parecia. Era o amigo dos gêmeos Weasley. Mas tem esse outro personagem que não se diz explicitamente que não é negro. Poderia ser. Mas eu achava que teria pouca oportunidade para passar por isso, pela cor da minha pele", revelou o ator.

Enoch acabou não fazendo o primeiro teste que foi convidado, mas, como um dos produtores já tinha visto o jovem ator à época atuar, ele acabou sendo chamado para um teste separadamente: "Às vezes a gente demora para aprender as lições que tem que aprender na vida". O ator está no elenco do filme Medida Provisória dirigido por Lázaro Ramos que estreia no dia 14 de abril.

O ator Alfred Enoch com 12 anos em fotos promocionais para o filme 'Harry Potter e a Pedra Filosofal'.

O ator Alfred Enoch com 12 anos em fotos promocionais para o filme 'Harry Potter e a Pedra Filosofal'. Foto: MONALISA LINS/AE