‘Adoro ver crianças imitando e adultos ouvindo a música dele’, diz Janet Jackson sobre Michael

Redação - O Estado de S.Paulo

Irmã do rei do pop declara que legado do irmão continuará, em entrevista ao ‘The Sunday Times’

A cantora Janet Jackson

A cantora Janet Jackson Foto: Jordan Strauss/Invision/AP

Em entrevista ao The Sunday Times, Janet Jackson falou sobre o irmão e declarou que o legado do rei do pop continuará. Ela falou sobre a influência de Michael Jackson na indústria musical.

“Vai continuar (o legado). Eu adoro quando vejo crianças imitando ele, quando os adultos ainda ouvem a música dele. Isso só permite que você saiba o impacto que minha família teve no mundo", disse. "Eu espero que eu não esteja soando arrogante de qualquer forma. Estou apenas afirmando o que é. É realmente tudo que Deus está fazendo, e eu sou apenas grato por isso", afirmou Janet.

A cantora optou por não comentar especificamente as alegações contra o irmão, que foram destacadas no documentário de Dan Reed, Leaving Neverland. A obra, que estreou no início deste ano, inclui alegações detalhadas de Wade Robson e James Safechuck, que alegaram que a estrela de Thriller abusou sexualmente deles quando eram crianças.

No entanto, a família Jackson negou as alegações de abuso e repetidamente bateu o documentário na imprensa. Além disso, o espólio de Jackson entrou com uma ação judicial de US$ 100 milhões (aproximadamente 400 milhões de reais) contra a HBO antes de sua estréia, chamando o documentário de "propaganda inabalável para explorar descaradamente um homem inocente que não está mais aqui para se defender".