Acusado de assediar repórter, Biel afirma ter sido 'mal-entendido'

- O Estado de S. Paulo

Em nota divulgada por sua assessoria, cantor diz que 'sempre teve muito respeito pelas mulheres' e que suas palavras teriam interpretadas equivocadamente e fora de contexto

Biel é acusado de assédio à jornalista

Biel é acusado de assédio à jornalista Foto: Divulgação

Após ser acusado de ter assediado uma repórter do portal iG, o cantor Biel divulgou uma nota, por meio de sua assessoria, em que declara ser acusado por um 'mal-entendido'. Segundo o texto, o artista sempre teve muito respeito pelas mulheres e o fato não passaria de "um mal entendido, gerado pela interpretação equivocada e descontextualizada de suas palavras."

De acordo com o relato da jornalista, que preferiu não se identificar, o artista a constrangeu em vários momentos durante uma coletiva de imprensa que ele concedia em São Paulo, na sede dos estúdios da Warner Music, gravadora com a qual tem contrato. Biel teria dito no diálogo que, se "pegasse" a repórter, ele a "quebraria no meio" e que ela era "gostosinha".

O episódio ocoreu em maio, durante entrevista para divulgação do novo CD do cantor. “Estou lutando para poder fazer o meu trabalho e esse tipo de coisa não acontecer mais, pelo direito de ser respeitada”, disse a jornalista ao site em que trabalha. Ela fez Boletim de Ocorrência (veja no final da matéria) na 1ª Delegacia da Mulher de São Paulo e Biel já prestou depoimento sobre o caso. Provas de vídeo e áudio foram usadas como anexo, de acordo com o relato. 

LEIA A NOTA DE BIEL NA ÍNTEGRA

"O cantor Biel, através de sua assessoria de imprensa, vem a público esclarecer que sempre teve muito respeito pelas mulheres, tratando-se o fato de um mal entendido, gerado pela interpretação equivocada e descontextualizada das palavras do artista.

Informa que o caso está sob apreciação das autoridades competentes, com o devido acompanhamento de sua assessoria jurídica."