'A Fazenda': Rafael Ilha diz que gastou dinheiro do prêmio com carro e panelas

Camila Tuchlinski - O Estado de S.Paulo

Além disso, ex-Polegar também conta que pagou dívidas e 'tirou o nome do vermelho'

O ex-Polegar Rafael Ilha.

O ex-Polegar Rafael Ilha. Foto: Instagram/rafael_ilha_oficial

Rafael Ilha revelou de que maneira gastou o prêmio de R$ 1,5 milhão que ganhou na última edição de A Fazenda, da Record TV. 

Em entrevista a Geraldo Luís neste domingo, 22, o ex-Polegar explicou que o dinheiro serviu para pagar dívidas, comprar um jogo de panelas novo e um carro.

“A gente já tinha um carro bacana. Aí esse carro ficou para Aline (esposa de Rafael) e eu comprei um carro para mim e um jogo de panelas daqueles que eu vejo lá na Sônia Abrão. O restinho foi para pagar umas dívidas que nós tínhamos e tirar meu nome do vermelho”, revelou.

Sônia Abrão é considerada ‘madrinha’ do ex-Polegar. Em diversos momentos em que o cantor teve recaída para as drogas, a apresentadora o ajudou, inclusive colocando Rafael Ilha como repórter do seu programa na Rede TV!. Ela também esteve com o ex-Polegar no bate-papo com Geraldo Luís. 

 

 

Mas não foi só Sônia Abrão que ajudou o ex-Polegar. De acordo com o cantor, Faustão chegou a pagar um tratamento para que ele abandonasse as drogas em uma clínica de reabilitação na região de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. 

“Era muito caro, coisa de uns R$ 20 mil por mês, mas não adiantou. Foram mais de 30 internações ao longo da minha vida”, lamentou.

Durante a edição do ano passado de A Fazenda, Rafael Ilha disse que se arrepende do tempo perdido com as drogas. "Para esses jovens que estão conhecendo as drogas, a coisa que eu mais me arrependo na vida foi o tempo que eu perdi com as drogas. Porque as outras coisas a gente recupera. A gente recupera a parte financeira, a gente recupera o trabalho, graças a Deus consegui ter a restauração da minha família, que é destruída. Mas o tempo a gente não consegue recuperar", refletiu o cantor.

No Domingo Show, Geraldo Luís e Sônia Abrão, vestidos de pijamas e pantufas, foram acordar o ex-Polegar na residência dele, em São Paulo. “Sobrou até para minha ‘dinda’ amada, Sônia Abrão”, escreveu o cantor.