Youtuber muçulmana 'desafia' mulheres a usarem hijab por 15 minutos 

Redação - O Estado de S.Paulo

Nilufa Dahlia explica que é discriminada por usar o lenço e quer que as pessoas entendam

Nilufa Dahlia postou o vídeo em um canal comunitário para mães

Nilufa Dahlia postou o vídeo em um canal comunitário para mães Foto: Reprodução/ YouTube/ Channel Mum

Nilufa Dahlia é uma youtuber que decidiu fazer uma proposta para quem a assiste: usar um hijab, o lenço que mulheres muçulmanas, como ela, usam na cabeça, durante 15 minutos. 

O objetivo é que as pessoas experimentem a sensação de andar na rua e ser vista com o hijab, a exclusão e o abuso. No vídeo, Nifula afirma que, quando anda na rua, muitas pessoas evitam olhar para ela por causa de "um pedaço de pano", como ela mesma diz. 

"Simplesmente amarre um cachecol ou um lenço e saia. Eu não peço para que você ande uma milha nos meus sapatos, mas meia milha? Isso é suficiente", disse no canal.  

No canal comunitário para mães, o Channel Mum, ela revela que fez uma experiência: decidiu andar na rua e sorrir para odas as mães que viu pelo caminho, e nenhuma sorriu de volta. A youtuber ainda revela que, para ela, é difícil ser amiga de outras mães por causa do hijab. 

Nifula, que vive em Brighton, no Reino Unido, explica que cada mulher tem um motivo pessoas para usar hijab. "Para mim, mostra que sou uma mulher muçulmana. Permite que as pessoas saibam qual minha personalidade pelo que eu uso", disse. 

Assista ao vídeo, em inglês: