Vídeo de menina coberta de glitter encanta internautas; assista

- O Estado de S.Paulo

Pequena Norah se cobriu de purpurina e foi descoberta pelos pais, que filmaram o momento

Pequena Norah, de dois anos, coberta de glitter.

Pequena Norah, de dois anos, coberta de glitter. Foto: Reprodução/Facebook/https://www.facebook.com/josh.pierce.140

Um pouco de glitter no Carnaval é uma boa pedida para qualquer folião. Só não pode exagerar como fez Norah, uma garota de dois anos que foi flagrada pelos pais ao encher o corpo e o piso do banheiro de purpurina. 

O vídeo da trapalhada da menina, filmado pelos pais, Josh e Jessica Pierce, está conquistando a internet. Até a manhã desta segunda-feira, 20, foram pelo menos 15 milhões de visualizações e mais de 181 mil compartilhamentos. 

Na filmagem, os pais vão ao banheiro e encontram Norah, que abre a porta com o rosto, o corpo e o chão cobertos de purpurina. "Eu tenho uma purpurina linda em mim", diz a pequena, no início. Josh, o pai, ri e responde: "É, você tem. Está espalhada toda por todo o chão". 

"O que nós dissemos para você?", indaga Jessica, a mãe. "Eu só queria colocar glitter no meu rosto, para ficar bonita", responde Norah, com as mãos cheias de purpurina.

"Olha para o chão", diz Josh, novamente, ao que a pequena obedece. "Agora olhe para você no espelho", orienta o pai. "Você está brilhando", ele diz, para ser interrompido por um espirro da menina. "Você está espirrando glitter", ele observa, segurando o riso. 

"Você está brilhando como uma fada, está tudo com purpurina, ainda está caindo pelo ar", afirma Josh. 

A mãe intervém novamente: "O que falamos a você?".

"Não coloque glitter no rosto...", responde a garota, ao que a mãe ressalta. "É exatamente o que falamos a você". 

Em entrevista ao Huffington Post, Josh contou que a família se preparava para ir a uma festa do Super Bowl quando Norah foi ao banheiro. A mãe, ao ver a bagunça da filha, imediatamente saiu do banheiro e pediu para o marido pegar a câmera. 

"Eu não sabia se ria ou se ralhava com ela", afirmou Josh. "A situação ficou tão épica, e Jessica não conseguia parar de rir. Eu sabia que precisava dizer a Norah que ela não deveria fazer isso, mas ao mesmo tempo eu não conseguia parar de rir". Ele também afirmou que por muitos dias, a família ainda achava purpurina no corpo ou pela casa.