Unicef promove maratona para criação de aplicativos educacionais

Redação - O Estado de S.Paulo

Parceria com a Samsung deve beneficiar alunos de escolas públicas

Logotipo da Unicef

Logotipo da Unicef Foto: Facebook / @UNICEFBrasil

A Unicef está promovendo, em parceria com a Samsung, uma iniciativa para tentar reduzir a quantidade de crianças e adolescentes em atraso escolar, por meio de aplicativos. 

Trata-se de uma maratona de programação e tecnologia para criação de aplicativos educacionais. O lançamento se deu na última quarta-feira, 25, e terá desdobramentos ao longo do ano. 

Estudantes de escolas públicas e profissionais de tecnologia desenvolverão aplicativos nas áreas de língua portuguesa, arte, educação física, língua inglesa, matemática, ciências da natureza e ciências humanas. A ideia é que os benefícios sejam aproveitados por crianças do 6º ao 9º ano do ensino fundamental.

"Hoje, no Brasil, três em cada 10 alunos do anos finais do ensino fundamental e do ensino médio têm dois ou mais anos de atraso escolar. Reverter esse quadro passa, necessariamente, pelo envolvimento de crianças e adolescentes na busca por soluções para os desafios da sala de aula", afirma Ítalo Dutra, chefe de educação da Unicef no Brasil, valorizando a iniciativa.

A maratona será desenvolvida em parceria com a Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), por meio do programa Brasil Mais TI.