Um ano depois de ser resgatado, menino desnutrido vai ao seu primeiro dia de aula

- O Estado de S.Paulo

Hope foi abandonado pela família porque pensavam que ele era uma bruxa

À esquerda, Hope e Anja em janeiro de 2016, à direita, os dois em 2017, um ano após o resgate

À esquerda, Hope e Anja em janeiro de 2016, à direita, os dois em 2017, um ano após o resgate Foto: Fotomontagem: Reprodução/ Facebook Anja Ringgren Lovén

Há um ano, no dia 30 de janeiro de 2016, o pequeno Hope, de apenas dois anos, foi encontrado desnutrido e abandonado na Nigéria. Anja Ringgren Loven, uma dinamarquesa que trabalha com caridade no país africano, seu marido e sua equipe de resgate o encontraram e cuidaram dele. 

Eles tiveram que levá-lo para um hospital para tratar os vermes que tinha no estômago, além da desnutrição. Na época, o resgate viralizou e eles conseguiram arrecadar um milhão de dólares para custear os tratamentos. 

A família o abandonou porque achava que ele era uma bruxa e Anja o encontrou na rua. No último dia 30, a dinamarquesa compartilhou uma foto de Hope agora: saudável, pronto para ir ao seu primeiro dia de aula! 

Em seu Facebook, Anja escreveu: "No dia 30 de janeiro de 2016, eu fui em uma missão de resgate com David Emmanuel Umem, Nsidibe Orok e nosso time nigeriano. Uma missão de resgato que viralizou e hoje faz exatamente um ano que o mundo conheceu um pequeno menino chamado Hope", em uma foto 'igual' a do ano anterior, na qual ela dá água na boca do menino. "Essa semana, Hope começa a ir a escola", completou.