Três maneiras de encontrar pessoas

Erika Ettin - Tribune News Service

Não se envolva numa situação casual 'esperando' encontrar alguém pois poderá se sentir muito frustrada (o)

Foto: Pixabay

Com certeza todo mundo sonha com aquele encontro ao acaso perfeito. Vocês estão sentados lado a lado no avião. É amor à primeira vista. Vocês falam de coisas profundas. E se olham nos olhos. Trocam informações. O resto é história.

Embora tudo isto seja maravilhoso, é realista? Não acho. Há sempre uma amiga que viveu esta história, então pensamos que é normal. "Minha amiga Sandy encontrou o marido no trem da Amtrak que ia para Nova York, por isso agora tenho usado mais o trem". Ou, "Jeffrey começou a flertar com a Chris na seção de congelados e passaram a tomar sorvete juntos deste então". É uma experiência, adorável, mas rara.

Ingressei na Cornell para fazer a faculdade. A Cornell conhecida por muitas coisas - a vida acadêmica, a comida, seu belo câmpus, o clima frio... e seus suicídios. Infelizmente, os suicídios na Cornell são mais lembrados porque algumas pessoas saltaram de uma ponte de um dos muitos cânions de Ithaca. Triste, de fato, mas comum. Mas o fato é que a Cornell não tem uma taxa de suicídios acima da média. Essa ideia falsa de um alto número de suicídios é por causa do tipo de suicídio, nos desfiladeiros. Do mesmo modo que você lembra dessas histórias horríveis, mesmo que inusitadas, também lembra sempre a melhor parte das histórias de namoro de suas amigas, e da pior.

Por isto é importante se certificar de que está no caminho certo. Há três principais categorias de encontro com pessoas.

1 - A primeira é o encontro por caso, como o que comentamos no início: um encontro no avião, no Starbucks, no topo da Torre Eiffel. Você entendeu. São encontros imprevisíveis. Você não sabe se a pessoa é solteira. E se é, não sabe se ela está interessada. A chance de encontrar alguém assim por acaso é pequena. Não se envolva numa situação casual "esperando" encontrar alguém pois poderá se sentir muito frustrada.

2 - A segunda maneira é um encontro num clube ou num evento de mídia social, um grupo de caminhada, uma equipe esportiva, um curso de arte. Do mesmo modo que as situações fortuitas, você não tem nenhuma ideia de quem está disponível ou não, de modo que não pode "esperar" encontrar alguém. O objetivo nesses casos é fazer alguma coisa que você vai desfrutar. Portanto, se odeia pescar não se junte a um grupo de pesca pensando em encontrar alguém porque viverá momentos horríveis. Mas digamos que você adora caminhadas. Então participe de um grupo que faz caminhadas. Independente de encontrar alguém, ou não, o fato é que você vai se divertir fazendo algo que gosta. Se acabar conhecendo será a cereja em cima do bolo. Além do que, quando você faz algo que gosta, é mais autêntica, está mais no seu elemento, o que é uma excelente maneira de atrair amigos, pessoas e parceiros também.

3 - A terceira maneira tem a ver com encontros online entre solteiros, naturalmente, ou eventos no geral destinados a encontros entre pessoas também solteiras. Nesses casos, embora os encontros sejam um pouco mais planejados, você sabe que os outros também estão procurando alguém e estão disponíveis.

Claro que é sempre uma questão de sorte, mas você tem mais probabilidades, quando sabe que as pessoas têm o mesmo objetivo, de encontrar alguém.

Então vamos lá. Examine a programação de eventos da sua cidade e se inscreva em algum destinado a pessoas solteiras. Pode ser um happy hour com esse objetivo, ou qualquer outra coisa. Esteja aberta às possibilidades e se dê uma chance de encontrar alguém. Lembre-se, contudo, de que mesmo se abrindo, ainda assim tem de dar tempo ao tempo. Roma não foi construída num único dia. Não desista./Tradução de Terezinha Martino