Starbucks terá loja projetada especialmente para deficientes auditivos nos EUA

Redação - O Estado de S.Paulo

Empresa pretende contratar funcionários fluentes na língua de sinais americana para trabalhar no local

Logomarca da rede Starbucks.

Logomarca da rede Starbucks. Foto: Mike Blake / Reuters

A rede de cafeterias Starbucks anunciou que abrirá uma loja especialmente planejada para a comunidade de deficientes auditivos e surdos que utilizam a língua de sinais nos Estados Unidos.

De acordo com o comunicado publicado pela empresa na quinta-feira, 19, todos os funcionários da unidade serão fluentes em ASL [Língua de Sinais Americana], o que deve proporcionar empregos a pessoas surdas ou com deficiencia auditiva.

O CEO da Associação Nacional de Surdos dos Estados Unidos, Howard Rosenblum, parabenizou o Starbucks pela iniciativa.

O estabelecimento terá decoração exclusiva e até uma caneca elaborada por um artista surdo

De acordo com a empresa, porém, não é a primeira unidade do tipo no mundo. Em 2016, uma loja similar foi inaugurada em Kuala Lumpur, na Malásia, com nove funcionários surdos.

A loja ficará na equina da Sexta Avenida com a Rua H, próxima à Gallaudet University, em Washington D. C..