Sobe para 57 o número de animais resgatados em Brumadinho (MG)

Camila Tuchlinski - O Estado de S.Paulo

Brigada Animal segue o trabalho de buscas e salvamento na região onde houve rompimento de barragem

Animais são resgatados após queda de barragem em Brumadinho, Minas Gerais.

Animais são resgatados após queda de barragem em Brumadinho, Minas Gerais. Foto: Divulgação/ CRMV-MG

O número de animais resgatados em Brumadinho até a noite desta quarta-feira, 30, aumentou para 57. A Brigada Animal acolheu 27 cães, 14 pássaros, oito galinhas, dois galos, dois bovinos, dois patos, um gato e um cágado. Todos foram encaminhados para o hospital de campanha, montado em uma fazenda da região indicada pela Vale, empresa responsável pela barragem que se rompeu.

A estrutura para os procedimentos com os animais ocorre em duas fazendas. O Conselho Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais coordena a equipe de profissionais, estudantes da Escola de Veterinária da UFMG, auxiliares e ONGs, como a Federação Humanitária Internacional Fraternidade e a Arca da Fé resgate animal. As ações também contam com a participação da Anclivepa Minas.

No local, esses animais estão sendo submetidos a exames de triagem e recebem os primeiros tratamentos. 

Parte da equipe da Brigada Animal e que atua em Brumadinho.

Parte da equipe da Brigada Animal e que atua em Brumadinho. Foto: Divulgação/ CRMV-MG

Inicialmente, todos são tratados no hospital improvisado e serão encaminhados aos donos. Caso os tutores não sejam localizados, serão disponibilizados para adoção. A Brigada Animal ainda não soube dizer se conseguirá localizar os responsáveis pelos bovinos. 

O Conselho Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais cedeu ao E+ fotos e vídeos emocionantes de momentos dos resgates. Confira. 

 

Desde os primeiros instantes após a tragédia, equipes de veterinários e peritos fazem o trabalho de buscas, salvamento e cuidados dos animais encontrados. Em alguns casos, como o resgate de bois e vacas, há a utilização de equipamento específico. 

Boi é içado em Brumadinho.

Boi é içado em Brumadinho. Foto: Divulgação/ CRMV-MG

Nesta terça-feira, 29, animais em área de risco foram mortos por agentes na região. A apresentadora Luisa Mell publicou, nas redes sociais, um vídeo criticando a situação. "Não há eutanásia em cima de um helicóptero, atirando, isso é assassinato", declarou.

De acordo com o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), uma vaca e um cavalo, que estavam atolados há quatro dias em um local de difícil acesso, tiveram de ser abatidos por meio de rifle sanitário nesta segunda-feira, 28.

Equipes de veterinários e zootecnistas acolhem animais resgatados em Brumadinho.

Equipes de veterinários e zootecnistas acolhem animais resgatados em Brumadinho. Foto: Divulgação/ CRMV-MG

São 30 profissionais que integram a Brigada Animal, entre médicos-veterinários, zootecnistas e voluntários tentando salvar bois, cachorros, aves e outros animais da lama que devastou a região. 

 

Coordenada pelo CRMV-MG, a equipe da Brigada Animal realiza resgate em Brumadinho.

Coordenada pelo CRMV-MG, a equipe da Brigada Animal realiza resgate em Brumadinho. Foto: Divulgação/ CRMV-MG