Silêncio e solidão são tendência entre imagens de 2018

Redação - O Estado de S.Paulo

Relatório publicado pela Adobe relacionou fotos de natureza e pessoas quietas a demanda por um mundo menos agitado

Imagens que remetem a silêncio e tranquilidade são tendência em 2018, afirma empresa de aplicações Adobe.

Imagens que remetem a silêncio e tranquilidade são tendência em 2018, afirma empresa de aplicações Adobe. Foto: Pixabay

Silêncio e solidão são as principais tendências de 2018 no âmbito da produção de imagens, aponta um relatório da Adobe, empresa desenvolvedora de aplicações profissionais para imagens e vídeos. Ao menos é esse tipo de conteúdo que se observa em algumas fotos selecionadas: ambientes naturais, uma única pessoa na foto e uma sutil interação entre pessoa e natureza. “Estamos vendo uma demanda crescente por figuras que estimulem conforto e regeneração, que nos levem de volta para a natureza e indiquem que menos é mais”, indica o texto do relatório.  

Só nos Estados Unidos, a sociedade já usa o celular por mais de cinco horas e cerca de 10h30min acessando mídias e buscando informações em telas digitais, concluiu uma pesquisa da consultoria Nielsen. O barulho no dia a dia também aumentou muito, e o estilo de vida “sempre online” está provocando a vontade de se desligar.  Brenda Millis, uma das executivas da Adobe, é quem assina o relatório. Ela relaciona o aumento do barulho e agitação à maior busca por calma e espaços solitários e silenciosos. 

As pessoas mais criativas estão oferecendo e criando soluções que favoreçam e e propiciem a quietude. Inclusive, alguns destinos turísticos na Escócia e referências em decoração em Paris estão propondo ambientes que remetem a locais tranquilos para descanso. A tendência está alinhada ao movimento do Joy Of  Missing Out, que propõe a redução do uso das redes sociais. 

 

A Adobe montou uma galeria com as fotos que indicaram a tendência do silêncio e solidão no primeiro trimestre de 2018. Veja: