Sesc promove 'Copa do Mundo' musical em plataformas de streaming

Redação - O Estado de S.Paulo

Ação é uma boa pedida para quem deseja conhecer músicas de diferentes culturas; confira

Sesc promove 'Mundial de Playlists' durante a Copa do Mundo da Rússia.

Sesc promove 'Mundial de Playlists' durante a Copa do Mundo da Rússia. Foto: Facebook / @sescsp

O Sesc São Paulo está promovendo uma 'Copa do Mundo' musical, que pode ser conferida por meio dos aplicativos Spotify e Deezer.

Desde o dia 11 de junho, estão disponíveis 32 playlists nos perfis do Sesc São Paulo, uma para cada seleção do "Mundial de Playlists". No dia 18 de junho, apenas as 'equipes' com maior quantidade de interações avançarão de fase, que deve ocorrer entre 20 e 25 de junho. As semifinais se darão entre 28 de junho e 3 de julho, e, a grande final, entre os dias 5 e 10 de julho.

Ao longo do processo, podem haver algumas mudanças nos times, com novas 'escalações' - desde que avancem de fase.

Para cada uma das nações participantes da Copa do Mundo de 2018, foram escolhidas doze músicas - representando os onze jogadores e um técnico.

A lista brasileira conta com Erasmo Carlos, Racionais MCs, Sepultura, Iza, Rincon Sapiência, Jorge Ben Jor, Ivete Sangalo, Elza Soares, Chitãozinho e Xororó, Ludmilla, Chico Buarque, MC Guimê, Emicida e Tim Maia.

'Mundial de Playlists' do Sesc.

'Mundial de Playlists' do Sesc. Foto: Facebook / @sescsp

Em outros países também é possível encontrar artistas conhecidos do grande público:  Björk, da Islândia, Maná e Thalia, do México, Roberto Leal e Amália Rodrigues de Portugal, Jorge Drexler, do Uruguai, Kraftwerk e Rammstein, da Alemanha, AC/DC, Kylie Minogue e Men At Work, da Austrália, Stromae, da Bélgica, Shakira e Juanes, da Colômbia, Aqua (da música Barbie Girl), da Dinamarca, Julio Iglesias e Gipsy Kings, da Espanha, Édith Piaf, da França, entre outros.

Se artistas de renome indicarem algum favoritismo, Suécia e Inglaterra têm boas chances de disputar o título com o Brasil. Avicii, ABBA, Ace of Base, The Cardigans e Roxette, do lado escandinavo, e, do lado britânico, Beatles, Rolling Stones, Adele, David Bowie, Oasis, Queen, Amy Winehouse, Spice Girls, The Clash, George Michael e Elton John.

Do país anfitrião, a Rússia, há Stravinsky, a dupla t.A.T.u., que fez sucesso no Brasil na década passada, e até mesmo Eduard Khil, cantor que ficou mundialmente conhecido graças ao meme Trololo.

O mais legal, é claro, acaba sendo a oportunidade de ouvir artistas que você ainda não conhece - que provavelmente deve ser a grande maioria.

Para conferir todas as playlists, clique aqui.

Confira também um vídeo explicando o modo de disputa do "Mundial de Playlists":