Secretaria explica como enviar cartas para presa trans entrevistada por Drauzio Varella

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

Suzy Oliveira foi entrevistada pelo médico em reportagem exibida no ‘Fantástico’, sobre a situação de mulheres trans em presídios masculinos

Entrevista realizada por Drauzio Varella com uma presa trans viralizou nas redes sociais

Entrevista realizada por Drauzio Varella com uma presa trans viralizou nas redes sociais Foto: Twitter / @henke_

A Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo explicou como enviar cartas para Suzy Oliveira, uma detenta trans que emocionou o público após ser entrevistada pelo médico Drauzio Varella.

A entrevista foi exibida no Fantástico, em 1º de março, e fez parte de uma reportagem em que o médico mostra a vivência de presas trans em presídios masculinos. Em um momento da conversa, o médico pergunta há quanto tempo Suzy não recebe uma visita.

"Oito anos, sete anos", diz Suzy, que recebe um abraço de Drauzio após ele dizer "solidão, né, minha filha". O momento viralizou nas redes sociais, com diversos elogios para o médico e a matéria, além de pessoas com interesse de enviar cartas para Suzy, que está na Penitenciária I José Parada Neto.

Diante dos comentários, a Secretaria disponibilizou um endereço, Rua Benedito Climérico de Santana, 600, Várzea do Palácio, CEP 07034-080, Guarulhos/SP, para o envio de cartas, e pediu que as pessoas incluam o nome de Suzy no envelope.

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais