Sarcófago misterioso intriga arqueólogos egípcios

Redação - O Estado de S.Paulo

Com quase três metros de comprimento e feito de granito negro, foi o maior caixão encontrado na cidade de Alexandria

Um sarcófago misterioso encontrado em Alexandria está intrigando arqueólogos egípcios

Um sarcófago misterioso encontrado em Alexandria está intrigando arqueólogos egípcios Foto: Facebook/moantiquities

Um sarcófago feito de granito negro foi encontrado em uma escavação na cidade de Alexandria, no norte do Egito, e está intrigando arqueólogos. Segundo o Ministério das Antiguidades, que organiza e protege as descobertas arqueológicas no país, o sarcófago provavelmente é da dinastia ptolomaica, que governou o Egito entre 332 e 30 antes de Cristo (a.C.).

Em post no Facebook, Mostafa Waziri, secretário-geral do ministério, afirmou que esse é o maior sarcófago encontrado na cidade, tendo 1,85 metros de altura, 2,65 metros de comprimento e 1,65 metros de largura. Além do sarcófago, foi encontrado um busto que pode representar a pessoa que foi enterrada dentro da cripta. 

Uma camada de argamassa na tampa do sarcófago indica que desde o momento em que foi fechado pela primeira vez na Antiguidade, ele nunca mais foi aberto. Agora, as autoridades egípcias estão estudando para ver se vão abrir o sarcófago ou vão fazer testes como raio-x e ressonância magnética para descobrir o que há dentro dele.

Veja abaixo fotos do sarcófago.