Reportagem do ‘E+’ sobre direitos dos idosos conquista prêmio de jornalismo

Redação - O Estado de S.Paulo

‘Conheça direitos dos idosos que você não imaginava que existiam’ venceu o Prêmio Instituto de Defesa Coletiva de Jornalismo, na categoria internet

Muitos idosos não sabem sobre todos os direitos que possuem.

Muitos idosos não sabem sobre todos os direitos que possuem. Foto: Pixabay

A reportagem do E+ ganhou o Prêmio Instituto de Defesa Coletiva de Jornalismo, promovido pelo IDC, com a matéria ‘Conheça direitos dos idosos que você não imaginava que existiam‘, de autoria da jornalista Camila Tuchlinski. O Grupo Estado conquistou o primeiro lugar na categoria internet. Você pode conferir a publicação completa aqui.

Publicada no dia 11 de fevereiro de 2019, a matéria trouxe histórias de pessoas com mais de 60 anos e que desconhecem uma série de direitos, desde isenção de IPTU até pensão alimentícia paga pelos filhos. 

“Quando completei 60 anos, um benefício que eu não conhecia é que, se o idoso nunca contribuiu com o INSS, ele tem direito a um salário mínimo por mês. Se ele for atrás, consegue receber esse salário”, ressaltou Vera Maria de Moraes, de 74 anos. 

A matéria também falou sobre o problema do superendividamento de idosos, que são assediados por empresas que concedem crédito consignado desde o momento em que se aposentam. “Embora possuam uma grande experiência de vida, os idosos costumam apresentar algumas limitações por conta da saúde que tornam o corpo mais fraco e a mente funciona mais devagar. Essas fragilidades os tornam mais vulneráveis e infelizmente os bancos aproveitam desta situação para a concessão do crédito irresponsável, violando o Código de Defesa do Consumidor”, alertou a advogada Lillian Salgado, presidente do IDC.

O I Prêmio Instituto Defesa Coletiva de Jornalismo reconhece e premia jornalistas que produziram conteúdo sobre superendividamento de idosos. Na cerimônia de premiação, realizada nesta quarta-feira, 22, em Belo Horizonte, o Instituto Defesa Coletiva (IDC) exibiu o filme Covardia Capital, no Cine Santa Tereza. O curta-metragem narra a história de idosos que devido aos juros abusivos de instituições bancárias ficaram sem condições de arcar com itens básicos de sobrevivência (como remédios e alimentos). 

Reportagem do ‘E+’ sobre direitos dos idosos conquista Prêmio Instituto de Defesa Coletiva de Jornalismo, na categoria internet.

Reportagem do ‘E+’ sobre direitos dos idosos conquista Prêmio Instituto de Defesa Coletiva de Jornalismo, na categoria internet. Foto: Divulgação/IDC

Assista ao vídeo: