Professora diz a menina com câncer que ela não será bonita se for careca

- O Estado de S.Paulo

MaKayla tem cinco anos e está tratando uma leucemia

MaKayla Welsh tem cinco anos e foi diagnosticada com leucemia há dois anos

MaKayla Welsh tem cinco anos e foi diagnosticada com leucemia há dois anos Foto: https://www.gofundme.com/teammakayla

A americana MaKayla Welsh tem cinco anos e foi diagnosticada com leucemia há dois anos, segundo sua página no GoFundMe e, recentemente, a menina passou por uma situação complicada na escola onde estuda.

Por conta do tratamento de quimioterapia, a criança está perdendo boa parte de seu cabelo. "Perder o cabelo realmente a incomoda. Incomodou a ponto de ela não querer mais ir à escola", revelou a mãe dela, Nicole Welsh, ao site WPXI News.

A mãe disse que a professora substituta do colégio Canonsburg-McMillian, na Pensilvânia, EUA, envergonhou sua filha na frente de toda a sala justamente por causa do cabelo. "A professora pensou que ela estava puxando o cabelo... e disse que, se ela fosse careca, ela não seria bonita", relatou ao jornal.

Quando a filha a contou sobre o ocorrido, Nicole contatou o diretor da escola, que garantiu que a filha nunca mais passaria por algo parecido. Felizmente, tudo se resolveu rapidamente: a escola mostrou um vídeo aos alunos para que eles pudessem entender o que MaKayla está passando.

"Quando o vídeo terminou, a sala inteira se reuniu ao redor de MaKayla e a abraçou. Ela ficou muito feliz e não podia esperar para ir à escola depois disso", disse a mãe. Nicole ainda deixou um recado para os professores que lidam com crianças: "Seja cuidadoso com as palavras que você fala para as crianças. Palavras podem machucar mais do que qualquer coisa".