Professor usa Twitter para mostrar talento artístico de aluna de 14 anos

Redação - O Estado de S.Paulo

Jada mostrou um desenho para seu professor dizendo que 'não estava tão bom' - então ele pediu retuítes para provar que estava

Professor usou repercussão no Twitter para incentivar aluna a continuar com seus trabalhos artísticos. 

Professor usou repercussão no Twitter para incentivar aluna a continuar com seus trabalhos artísticos.  Foto: Pixabay

Há diversas pessoas muito talentosas por aí mas, muitas vezes, esse talento não é reconhecido. Pensando nisso, um professor resolveu ajudar sua aluna expondo suas habilidades artísticas na internet.

Kwaku Mensah dá aulas de ciências e matemática na Escola Charles Drew Carter em Atlanta, nos Estados Unidos. Sua aluna de 14 anos, Jada Allen, mostrou um desenho que havia feito e disse que "não estava tão bom".

O professor resolveu mostrar o desenho em seu Twitter e escreveu: "Minha aluna de 14 anos não acha que ela é "tão boa" como artista. Deem alguns retuítes para provar o contrário".

A imagem foi publicada na última terça-feira, 2, e já conquistou mais de 140 mil retuítes.

No dia seguinte, Mensah revelou que a menina ficou "muito feliz" com toda a repercussão e fez até um perfil no Twitter para mostrar suas criações artísticas.

"Ela me disse que fazia arte. Eu amo arte visual porque eu nunca fui muito bom nisso. Então eu pedi para ver alguns dos trabalhos dela. Ela ficou tímida no início, mas me mostrou. O sketchbook dela é incrível. Eu disse o que achei e ela falou: 'Ah, ok. Não é tão bom assim'. Eu disse: 'Deixe-me postar no Twitter e ver o que o mundo diz'. E aqui estamos", disse o professor ao Mashable.

A ideia do professor de usar a rede social para encorajar Jada foi porque seus alunos estão vivendo na era digital. "Os adolescentes vivem na era das redes sociais. Por mais que odiemos, isso importa para eles. Então essa foi a ferramenta que eu usei. Eu percebi que se conseguisse centenas de retuítes eu a faria sorrir, daria confiança e alegria para ela. Eu apenas quis que ela reconhecesse como é talentosa e que tivesse orgulho disso. Eu gostaria que alguém tivesse feito isso por mim nessa idade", completou.