Processo de plágio contra Guillermo Del Toro é arquivado

Redação - O Estado de S.Paulo

Juiz afirmou que o diretor e a Fox Searchlight têm o direito de recuperar o dinheiro gasto com os trâmites judiciais

'A Forma da Água' conta a história de uma mulher muda que cria uma estranha relação com uma criatura do mar presa em um laboratório militar durante a Guerra Fria. 

'A Forma da Água' conta a história de uma mulher muda que cria uma estranha relação com uma criatura do mar presa em um laboratório militar durante a Guerra Fria.  Foto: Divulgação / FOX

O juiz federal Percy Anderson, da corte distrital da Califórnia, arquivou o processo iniciado por David Zindel acusando o diretor Guillermo Del Toro de plágio. De acordo com o site Deadline, o juiz afirmou, em breve declaração, que o diretor e a Fox Searchlight, estúdio responsável pelo filme, têm o direito de recuperar o dinheiro gasto durante o processo judicial. 

Zindel é filho de Paul Zindel, dramaturgo autor da peça Let Me Hear You Whisper, escrita em 1969 e que teria elementos muito semelhantes com o filme A Forma da Água. Na peça, um cuidador introvertido forma uma estranha amizade com um golfinho enquanto trabalha em um laboratório militar durante a Guerra Fria. Quando descobre que o animal será morto, ele cria um plano para libertá-lo. 

Em A Forma da Água, uma mulher muda que trabalha na limpeza estabelece uma relação sentimental com uma criatura do mar presa em um laboratório militar durante a Guerra Fria e desenvolve um plano para libertá-la, evitando sua morte. 

O filme de Del Toro arrematou quatro estatuetas no Oscar de 2018, incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor. 

Tanto o diretor como o estúdio sempre negaram qualquer irregularidade. Em uma declaração, a Fox Searchlight negou que o filme tenha sido baseado na peça. "Essas declarações dos parentes do Sr. Zindel não têm qualquer base e solicitaremos que o pedido seja demitido."