Primeira mulher a correr a Maratona de Boston completa a mesma prova 50 anos depois

Redação - O Estado de S.Paulo

Em 1967, Kathrine Switzer foi empurrada por homens que corriam os 42 km

Kathrine Switzer completou os 42,125 km em 04:44

Kathrine Switzer completou os 42,125 km em 04:44 Foto: Elise Amendola/ AP

Todo corredor sabe que a maratona de Boston é considerada a 'rainha das maratonas', a prova mais visada do mundo. Há 50 anos, Kathrine Switzer decidiu que queria fazer a corrida - e foi a primeira mulher a tomar essa decisão. Durante a prova, em 1967, corredores a empurraram e tentaram tirá-la do trajeto. 

Na última segunda-feira, 17, Kathrine, aos 70 anos, correu a prova mais uma vez. Há 50 anos, ela usou o número de peito 261 e, em 2017, repetiu a identificação e teve 261 pessoas correndo ao seu lado. 

Em seu Facebook, a maratonista agradeceu todo o apoio que recebeu. "Eu terminei, assim como fiz 50 anos atrás. Nós estamos aqui para mudar a vida das mulheres", escreveu. "Imagine o que acontecerá daqui 50 anos!" 

Depois de terminar a corrida na última segunda-feira, o número de 261 foi retirado das inscrições para ser eternizado como o número de Kathrine. Ela completou os 42,125 km em 04:44:31. 

A corredora se consagrou como a primeira mulher a terminar a maratona de Boston em 1967, mas só em 1972 a prova começou a aceitar mulheres. Quando Kathrine se inscreveu há 50 anos, não usou seu nome, só as iniciais, por isso a organização não identificou que não era um homem.

Assista ao vídeo da chegada de Kathrine: