Prefeitura recomenda a remoção da estrela de Donald Trump da Calçada da Fama

Redação - O Estado de S.Paulo

Conselho Municipal de West Hollywood foi unânime na decisão

Estrela de presidente foi vandalizada em Hollywood

Estrela de presidente foi vandalizada em Hollywood Foto: AP Photo/Reed Saxon

O Conselho Municipal de West Hollywood, onde fica a famosa Calçada da Fama, aprovou resolução em que pede para o Conselho Municipal de Los Angeles e para a Câmara de Comércio de Los Angeles a retirada da estrela de Donald Trump por “não compactuar com os valores da cidade de West Hollywood”. 

A votação foi unânime entre os cinco membros da conselho e a resolução lista uma série de razões para o pedido, incluindo a política de separação de pais e filhos de imigrantes ilegais, a negação dos efeitos do aquecimento global, o tratamento de Trump sobre pessoas transgênero e a intromissão na investigação que procura provas do envolvimento da Rússia nas eleições norte-americanas de 2016. 

Segundo a revista The Hollywood Reporter, como a Calçada da Fama é administrada pela Câmara de Comércio de Los Angeles, a votação feita pelo conselho é meramente simbólica e sem efeitos práticos. Em 2015, a câmara já havia desconsiderado os pedidos do conselho para a retirada da estrela do ator Bill Cosby, condenado por abuso sexual.

No Twitter, o ator Mark Hamill, conhecido por interpretar Luke Skywalker na saga Star Wars comentou a decisão. "Que tal substitui-la por alguém que realmente mereceu estar lá? Como a Carrie Fisher", ironizou Hamill.