População compra todos os produtos de ambulante para evitar apreensão

Redação - O Estado de S.Paulo

Leonardo Ferreira vende sucos e salgados em uma praça porque está desempregado

Leonardo Ferreira ficou emocionado com o gesto da população

Leonardo Ferreira ficou emocionado com o gesto da população Foto: Facebook/@xarapercusion

Um ambulante da cidade de Montes Claros, em Minas Gerais, se emocionou após pessoas se mobilizarem para comprar toda a sua mercadoria antes que ela fosse apreendida por agentes de fiscalização.

O caso aconteceu na tarde dessa quarta-feira, 21. O ambulante Leonardo Ferreira foi abordado por agentes públicos por vender produtos sem autorização numa praça e teria não só suas mercadorias apreendidas, mas também o carrinho no qual transporta os produtos.

Pessoas que estavam no local e acompanharam a situação rapidamente começaram a dar dinheiro na mão do ambulante e a levar os sucos e salgados que seriam apreendidos. Rapidamente ele vendeu todo o seu estoque.

"Juntou umas 30 pessoas em volta de mim. Algumas só queriam me ajudar. Teve gente que me deu nota de R$ 10 e nem pegou nada. Eu fiquei chorando de emoção e também passei a distribuir os sucos e salgados para quem não tinha me dado nada", contou à BBC Brasil.

A assessoria de imprensa da prefeitura do município disse que a operação foi integrada com a Polícia Militar e com as Receita Federal e Estadual para impedir a venda "desenfreada de produtos irregulares".

Leonardo falou que está desempregado há quatro anos e o trabalho de ambulante é a única forma que encontrou de sustentar a casa. Ele ainda tem uma das pernas quebradas em dois locais e anda mais de uma hora de sua casa até a praça.

"Eu já comi arroz puro porque não tinha mais nada. Numa situação dessas e ainda queriam apreender até meu carrinho, meu instrumento de trabalho. Minha vontade era apenas trabalhar para poder ter água e luz na minha casa. Se eu tivesse um emprego registrado, seria muito melhor do que ter de passar por isso", disse.

Confira o momento: