Pensou ir na Taco Bell neste fim de semana? Prepare-se para ficar mais de 1 hora na fila

Luiza Pollo - O Estado de S.Paulo

Teve gente que veio de outras cidades só para provar os lanches da rede de fast food

  

   Foto: Divulgação

“Quando a gente começou a estudar a implementação da rede, já existia uma página no Facebook chamada ‘Taco Bell Brasil’”, relata o general manager do Taco Bell no País, Michel Chaim. Com fã clube online, não era difícil saber que a rede californiana de fast food mexicano faria sucesso por aqui.

via GIPHY - Eu quero você todo, para sempre, eu e você, todos os dias.

No dia 23, São Paulo ganhou a primeira loja, para a alegria de uma multidão. Sem brincadeira. “No primeira dia, tivemos que fechar a fila às 22h para dar conta de atender todo mundo até meia-noite”, conta Chaim. Ele afirma que até deixou uma família passar na frente. Eles vieram de Itu, no interior de São Paulo, e chegaram às 20h no restaurante com crianças pequenas. Durante a semana o movimento continuou grande. Na quarta-feira, por exemplo, a espera durava aproximadamente 30 minutos.

via GIPHY - Por favor, me avise imediatamente se alguém achar um Taco Bell, tá?

Mas de onde vem tanta vontade de comer comida mexicana original da Califórnia? Pode ser uma questão cultural. Você pode nem ter percebido, mas provavelmente já viu algum filme americano que cita a rede. No total, são aproximadamente 7 mil lojas no mundo. 6,5 mil delas nos Estados Unidos. Lá, Taco Bell é coisa séria.

via GIPHY - A gente fez festa juntos, cara. Você trouxe Taco Bell pra gente.

“A gente provou lá em Orlando e amou”, conta Rafella Blat, enquanto ocupava o último lugar na fila do restaurante na quarta, 28, às 13h. “Viemos conhecer aqui no Brasil para ver se tem um paralelo. Lá é muito gostoso”, completa a mãe de Rafaella, Carlota Blat.

As duas estavam sem pressa, tinham a tarde livre. Já os irmãos Rafael e Gabriel Ribeiro, e o amigo Vitor Cardoso, estavam com mais tempo ainda. Eles tiraram uma semana de folga no trabalho e viajaram do Rio de Janeiro para São Paulo com uma missão: provar Taco Bell. “Eu me rendo ao junk food, não adianta”, confessa Vitor, que é chef de cozinha. “Todo mundo fala que é muito bom. Viemos conhecer”, diz Rafael. A gente entende. Nem a Fergie resiste.

via GIPHY - Ainda vou no Taco Bell, drive thru, super comum

Já Fernando Silvério e Carlos Rosário trabalham perto do restaurante, que fica no Itaim Bibi, e aproveitaram a hora do almoço para experimentar a novidade. “Pimenta. A gente gosta de pimenta”, explica Carlos. Eles tiveram sorte. Em pouco mais de meia hora conseguiram chegar ao balcão, fazer o pedido e pegar a comida. “Eu pedi o maior, né, aí tem um pouco de cada”, confessou Fernando.

Apesar de a escolha ser difícil, o carro-chefe do restaurante é o taco; nos três primeiros dias, foram vendidos mais de 3.500 deles. “O Crunch Taco Supreme é o meu preferido, com Batata Frita Loaded”, revela Chaim. Por sinal, a batata frita foi uma exigência dos clientes brasileiros. Além daqui, ela só está no cardápio da Inglaterra, e só como acompanhamento.

Apesar das pequenas adaptações no cardápio, Carlota e Rafaella aprovaram. “O tempero é até mais saboroso [do que nos Estados Unidos]. Dá para ver que a carne é mais fresca, lá é mais congelada”, opina Carlota, que se arrependeu de pedir um prato com nível forte de pimenta em Orlando.

Rafael, Gabriel e Vitor também não se decepcionaram. A fome de Vitor precisou resistir alguns minutos, mesmo depois de o prato chegar. “Hora da rede social”, disse, depois de arrumar cuidadosamente todos os itens do combo e pegar o celular para tirar uma foto.

via GIPHY - Quer ir no Taco Bell?

Por enquanto, quem não mora em São Paulo e quer provar a novidade vai ter que fazer como os três amigos: arrumar as malas e vir até aqui. A rede já tem mais quatro lojas em construção na cidade e a previsão é que, até o fim do ano, sejam seis em funcionamento. Segundo Chaim, o primeiro Estado a receber a loja depois de São Paulo deve ser o Rio de Janeiro. Mas, por enquanto, são apenas planos. “A vontade de ir para outros estados é grande, mas preciso ter tudo alinhado antes, até com os fornecedores”, explica.

Veja a saga dos nosso entrevistados:

Serviço

Taco Bell Brascan Open Mall

Rua Joaquim Floriano, 466, Itaim Bibi - São Paulo/SP

Aberto de segunda a sábado das 10:00 às 22:00 e aos domingos das 11:00 às 20:00