Parto natural é mais comum fora do horário comercial, diz estudo

Redação - O Estado de S.Paulo

Pesquisa analisou os dados de cinco milhões de partos na Inglaterra

Pesquisa descobriu que há uma queda no número de nascimentos no dia de Natal

Pesquisa descobriu que há uma queda no número de nascimentos no dia de Natal Foto: Pixabay/@Bru-nO

Um estudo feito na City University of London, na Inglaterra, comparou os dados de cinco milhões de partos e identificou que cerca de sete entre dez nascimentos ocorreram fora do horário comercial, isto é, entre as 9h e as 17h.

"Isso talvez aconteça por causa da evolução. Nossos ancestrais viviam em grupos que eram ativos e dispersos durante o dia, ao passo que se juntavam à noite. Assim, uma mulher que entrasse em trabalho de parto durante a noite teria mais proteção”, falou Peter Martin, autor principal ao Evening Standard.

Em contrapartida, as cirurgias cesáreas, que responderam a somente 9,2% dos partos em solo inglês, aconteceram majoritariamente nos dias úteis entre as 9h e as 11h59, com um pico até as 10h59.

"Não foi uma surpresa descobrir que cirurgias cesáreas agendadas não sejam marcadas para feriados, mas não é possível saber por que os partos sem nenhuma intervenção obstétrica são mais baixos no Natal e no dia seguinte”, disse Peter.

Contrariando as estatísticas, o terceiro filho de Kate Middleton e príncipe William nasceu de parto natural às 11h01 (horário local) de uma segunda-feira. O parto gerou repercussão porque a duquesa de Cambridge saiu do hospital apenas sete horas após a chegada do menino.

 

VEJA TAMBÉM: Confira seis dicas e cuidados sobre exercícios físicos durante a gestação

Pixabay / @StockSnap
Ver Galeria 7

7 imagens