Para que serve o botão vermelho na mesa do presidente dos EUA?

Redação - O Estado de S.Paulo

O empresário Richard Branson revelou para o que Barack Obama o utilizava

O empresário Richard Branson revelou como Barack Obama utilizava o botão vermelho que fica na mesa do presidente dos EUA

O empresário Richard Branson revelou como Barack Obama utilizava o botão vermelho que fica na mesa do presidente dos EUA Foto: Carlos Barria/Reuters

No primeiro semestre foi notícia o fato de o presidente dos Estados Unidos Donald Trump ter uma caixinha com um botão vermelho que ele utilizava quando queria um copo de Coca-Cola. Agora, o empresário Richard Branson revelou para que Barack Obama, antecessor de Trump no cargo, utilizava esse botão.

Em sua autobiografia, o empresário revelou que Obama também utilizava o botão para pedir que um funcionário da Casa Branca levasse um refresco para ele. “Quando nos levantamos para ir embora, percebi o botão vermelho em sua mesa. Obama percebeu o meu interesse e me disse que antigamente os presidentes o utilizavam para emergências, mas que ele utilizava para pedir chá”, escreveu Branson.

Chamada de Presidential Call Box (interfone do presidente, em tradução livre), o objeto foi instalado pelo Serviço Secreto norte-americano como uma forma de o presidente ter contato direto com os agentes que o protegem diariamente. Com a evolução da tecnologia na Casa Branca, a caixinha acabou se tornando obsoleta e hoje cada mandatário a programa com uma função diferente.

Enquanto Obama e Trump a utilizam como meio de pedir um refresco, outros presidentes a utilizavam para fins mais inusitados. Lyndon Johnson, que comandou o país entre 1963 e 1969, a utilizava de maneira reversa: pedia que os agentes do Serviço Secreto a ativassem quando sua esposa estivesse indo em direção ao Salão Oval. Já Bill Clinton tinha por costume fazer pegadinhas com os agentes novatos, acionando-a e fazendo esses agentes irem correndo para ‘salvar’ o presidente.