Para ajudar pessoas com câncer, mãe e seis filhos doam cabelos

Redação - O Estado de S.Paulo

Jovens sofreram com bullying por deixarem cabelo crescer por dois anos

Doação de cabelos é tradição na família de Phoebe Kannisto, que doa desde que era adolescente.

Doação de cabelos é tradição na família de Phoebe Kannisto, que doa desde que era adolescente. Foto: Facebook/phoebe.kannisto

Seis irmãos sofreram com o bullying na escola em função dos cabelos longos. As pessoas não sabiam, porém, que o visual não era por motivos estéticos: eles e a sua mãe deixaram os fios crescerem para contribuir com a confecção de perucas para pessoas com câncer.

Os filhos de Phoebe Kannisto eram motivo de piada entre estudantes da escola em que estudavam. O corte veio a público na última segunda-feira, 24, quando Phoebe postou as fotos dos cortes de cabelos em seu perfil do Facebook. Os fios foram doados para a ONG Children with Hair Loss.

A doação de cabelo é um costume entre membros da família. Phoebe realiza a doação desde adolescente, e a sua última ocorreu em 2014. Os filhos dela mantiveram o cabelo sem cortar por quase dois anos pois uma amiga próxima a Phoebe perdeu o filho para a leucemia.