Panda gigante passa por tomografia computadorizada; veja fotos

Agência - AP

Exame foi necessário para confirmar que animal tem um rim menor que o outro

O panda gigante Jiao Qing, do Zoo Berlin, sendo submetido a uma tomografia computadorizada em uma cidade da Alemanha, em 7 de novemrbo de 2019.

O panda gigante Jiao Qing, do Zoo Berlin, sendo submetido a uma tomografia computadorizada em uma cidade da Alemanha, em 7 de novemrbo de 2019. Foto: HO/Zoo Berlin/AFP

Um zoológico de Berlim, na Alemanha, informou nesta terça-feira, 12, que o panda gigante Jiao Qing foi submetido a uma tomografia computadorizada no último dia 7. A medida foi necessária para confirmar que animal tem um rim menor que o outro

Aos nove anos de idade e pesando 110 quilos, o urso passou pelo exame sob efeito de anestesia.

Ele foi avaliado por especialistas do Instituto de Pesquisa em Zoológico e Vida Selvagem da cidade de Leibniz. Ao todo, sete pessoas participaram da ação, entre cientistas e tratadores.

No Facebook, a instituição publicou uma foto do momento em que Jiao Qing estava na máquina de exame:

A diferença no tamanho dos rins foi identificada em um ultrassom anterior e confirmada na tomografia. Os médicos ainda não sabem se o rim menor está funcionando normalmente, o que será avaliado em um exame de urina.

A tomografia foi necessária para detectar se o panda tinha mesmo um rim menor do que o outro.

A tomografia foi necessária para detectar se o panda tinha mesmo um rim menor do que o outro. Foto: Berlin Zoo/Handout via Reuters

Jiao Qing é pai de filhotes gêmeos nascidos em 31 de agosto deste ano, que estão bem de saúde, segundo o zoológico.

O panda Jiao Qing tem nove anos e pesa 110 quilos; ele foi anestesiado para realizar o exame.

O panda Jiao Qing tem nove anos e pesa 110 quilos; ele foi anestesiado para realizar o exame. Foto: HO/Zoo Berlin/AFP