Orangotango é resgatado depois de passar dois anos em uma caixa

Redação - O Estado de S.Paulo

Kotap era mantido em um espaço de um metro quadrado  

'Dono' de Kotap temia que os vizinhos ficassem incomodados com o animal

'Dono' de Kotap temia que os vizinhos ficassem incomodados com o animal Foto: Pixel-mixer/ Pixabay

Kotap, um orangotango de quatro anos, foi resgatado na Indonésia depois de passar dois anos preso em uma caixa de um metro quadrado. Ele foi encontrado pela equipe da International Animal Rescue (IAR) no cubículo com apenas uma garrafa de água e um canudo em Bornéu, na Indonésia. 

O 'dono' de Kotap, Baco, disse à IAR que uma pessoa na vila de Katapang lhe deu o orangotango e ele se dispôs a levá-lo para casa. No entanto, ele ficou com medo de que o animal fosse incomodar os vizinhos e construiu uma caixa para ele. 

Baco alimentava Kotap com comidas de humanos, como pão, arroz e macarrão instantâneo cru. Além disso, ele também dava bebidas açucaradas ao orangotango. 

Os oficiais locais, que acompanharam a equipe da IAR no momento do resgate fizeram várias visitas a Baco até conseguir convencê-lo a soltar Kotap. Eles demoraram, mas conseguiram explicar a ele que deveria soltar o animal para o bem dele. 

No site da IAR, eles relatam que, quando abriram a caixa, Kotap ficou assustado e tentou 'se esconder' no canto. Uwi, o veterinário que acompanhou a ação, disse que o orangotango estava muito estressado com os estranhos. "Ele ficou nervoso e agressivo, o que não surpreende", explicou. 

Alan Knight, chefe executivo da instituição, disse que, infelizmente, Kotap não pode se exercitar ou agir como um orangotango durante todo esse tempo. "Agora ele poderá se juntar a outros orangotangos resgatados no nosso centro e terá uma chance de voltar à floresta".