National Geographic cria sons de plásticos nos oceanos em ação contra a poluição marítima

Redação - O Estado de S.Paulo

Neste Dia Mundial da Água, 22, emissora lança ação para conscientizar sobre o descarte de lixo nos mares

Lixo em East Beach, na Ilha Henderson, no Pacífico Sul. Pelo menos 25 milhões de toneladas de resíduos são despejadas por ano nos oceanos; 80% tem origem nas cidades. 

Lixo em East Beach, na Ilha Henderson, no Pacífico Sul. Pelo menos 25 milhões de toneladas de resíduos são despejadas por ano nos oceanos; 80% tem origem nas cidades.  Foto: Jennifer Lavers/The New York Times

A National Geographic lançou o álbum Sons do Futuro Oceano, em todas as plataformas de streaming de música, nesta sexta-feira, 22, com quatro faixas feitas com resíduos plásticos retirados dos mares.

Os ruídos mostram como a poluição da água deturpa a natureza das praias, mares abertos, geleiras e o fundo do oceano. Isso porque essas substâncias tóxicas são o grande problema dos ecossistemas marinhos e estima-se que nove milhões de toneladas desse tipo de lixo são jogadas nos mares a cada ano. Assista à produção aqui.

A ação faz parte da campanha global "Planeta ou Plástico?" e foi realizada com a ONG Mar Limpo, no Brasil. Em fevereiro, a Nescau também divulgou um projeto em prol dos oceanos, pretendo retirar mais de quatro milhões de canudos plástico do mercado.