Mulheres relatam casos de abuso com hashtag #MeuMotoristaAbusador

Redação - O Estado de S.Paulo

Após sofrer abuso, escritora Clara Averbuck deu o pontapé inicial à ideia

A hashtag #MeuMotoristaAbusador

A hashtag #MeuMotoristaAbusador Foto: Twitter / @claraaverbuck

Após ter denunciado ter sido abusada sexualmente por um motorista de Uber, a escritora Clara Averbuck criou uma campanha para incentivar outras mulheres a compartilharem suas histórias traumáticas e conscientizarem sobre as dificuldades em conseguir transporte com segurança quando se é mulher.

A hashtag #MeuMotoristaAbusador foi utilizada por inúmeras usuárias nas redes sociais, que relataram casos de assédio verbal, físico e sexual ocorridos em taxis ou serviços de motoristas por aplicativos.

Confira alguns relatos abaixo: